Geral

Alerta: Aquidauana registra nível mais baixo de umidade do País

05/09/2007 15:01


O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registrou umidade relativa do ar de 8% às 13h30min de ontem. Ao fazer a média com os dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o índice ficou em torno de 12% na Capital, Coxim e Miranda. O nível mais baixo do País foi registrado em Aquidauana, onde a população sofreu os efeitos da umidade de 10%, enquanto o nível considerado ideal para a saúde humana é de 60%. Segundo o coordenador-geral da Defesa Civil, Rodolfo Vaz de Carvalho, medidas mais drásticas serão adotadas caso a média da presença de partículas de água na atmosfera fique abaixo de 10% nos próximos dias.


As temperaturas também continuaram altas, com a máxima chegando a 38,2º em Aquidauana e Miranda. Em Campo Grande, os termômetros marcaram 37º. Rodolfo de Carvalho voltou a alertar a população para evitar atividades físicas e exposição ao sol das 10h às 16h. "Estamos em estado de alerta total", afirmou o coordenador-geral da Defesa Civil.



De acordo com o professor da Uniderp, meteorologista Natálio Abrahão Filho, a umidade continuará baixa nos próximos dias. "Devemos chegar aos 50 dias sem chuvas", disse. O último registro pluviométrico na Capital ocorreu em 25 de julho, há 41 dias.


Se a umidade relativa do ar ficar abaixo dos 10%, segundo o coordenador da Defesa Civil, serão canceladas as aulas da Rede Municipal de Ensino (Reme) de Campo Grande e haverá a mesma recomendação às escolas do Estado e às particulares.


anastacio notícias