Déficit na aprendizagem pode estar relacionado à audição

27/09/2007 08:32


Há muito tempo, sabe-se que a audição é muito importante no processo de aprendizagem. É um pré-requisito para o desenvolvimento da linguagem, uma vez que desempenha papel preponderante e decisivo na aquisição da fala e da escrita. Qualquer interferência na estrutura do sistema auditivo poderá repercutir negativamente sobre este processo.


A identificação precoce de qualquer alteração auditiva é muito importante, principalmente durante os três primeiros anos de vida. Infelizmente, os problemas auditivos nesta faixa etária, muitas vezes, são mais dificilmente detectados, principalmente quando não há uma deficiência auditiva considerável.


Se o filho é desatento, levado ou apresenta baixo desempenho nas atividades escolares, o motivo pode estar diretamente ligado à diminuição da acuidade auditiva. Ou seja, a incapacidade de lidar com os sons gera desmotivação e outras alterações, como a troca e/ou inversão de letras, desorganização espacial e dificuldades de compreensão.


É importante lembrar que a preocupação com a audição não deve cessar logo após o nascimento. Mesmo crianças com exame normal após nascerem, podem desenvolver perda auditiva progressiva ao longo dos meses. Recomenda-se que toda criança se submeta a um exame para avaliar seu nível de audição (audiometria) especialmente no período de alfabetização.


A aprendizagem auditiva começa com a detecção, a discriminação, a localização e o reconhecimento de sons. Ouvir é extremamente significativo para todos. Afinal, como iríamos adquirir fala com um déficit no canal auditivo, sem uma intervenção precoce? Quanto mais cedo a alteração for diagnosticada, mais facilmente poderá ser corrigida.


Meu filho tem problemas de audição? Veja os sintomas
- Não acorda, não se assusta e nem mexe os olhos quando tem barulho?
- Não sorri ou produz sons?
- Aponta ou gesticula para pedir alguma coisa?
- Fala muito alto?
- Ouve música e/ou assiste TV com som muito alto?
- Apresenta dispersão, agitação ou agressividade?
- Incomoda-se com barulhos muito fortes?
- Aproxima a mão ou a orelha da caixa de som para "ouvir" música?
- Apresenta na fala ou na escrita trocas, omissões, substituições ou distorções?


Na suspeita de deficiência auditiva, procure um médico otorrinolaringologista.


uol