Policial

Presa quadrilha de arrastadores de motos

27/09/2007 10:57


A Polícia Civil de Naviraí prendeu ontem 18 integrantes de uma quadrilha de arrastadores de moto e tráfico de drogas, composta por 22 pessoas, dentre elas dois adolescentes. As investigações são realizadas há mais de 2 anos pelos investigadores de Polícia lotados no SIG de Naviraí. Conforme a Polícia, o chefe da quadrilha identificado por Jocelino Rodrigues Borges, a amasia Josilene Lopes dos Santos, Edílson Francisco dos Santos e Jeferson Duarte da Silva, continuam foragidos da Justiça sendo que eles tanto participaram no roubo de motos, quanto no tráfico de drogas.


Segundo a Polícia, a quadrilha utilizava armas de fogo para a prática dos crimes, chegando a registrar mais de 17 roubos de motocicletas na cidade, entre 2005 e 2007, que acabaram sendo recuperadas pela Polícia. As investigações apontam que as motos roubadas eram trocadas por drogas em cidades que fazem fronteira com o Paraguai, como maconha, ou ainda eram utilizadas para o transporte do entorpecente.


Entre os presos estão Wagner Aparecido Lopes, que era fugitivo do Paraná em razão de um seqüestro, o qual acabou sendo preso no mês de agosto deste ano, quando transportava em uma camionete mais de mil quilos de maconha e três mil bolinhas de haxixe.


Nilton Manoel Custódio está preso, com passagem no Rio Grande do Sul e de São Paulo pelo crime de tráfico de drogas, sendo um dos maiores compradores de drogas de Jocelino; Marcos Jansley Carvalho foi uma das primeiras pessoas a serem presas que demonstrou ter envolvimento com a quadrilha, sendo que com ele foram localizadas três motos roubadas; Marcos Vinícios Miller; Ricardo Cristiano Martins e Pedro Celestino Martinez, de nacionalidade paraguaia por participação no tráfico de drogas; Antonio Marcos Prazer e Jhon Cleiton Pedroso transportavam maconha em motos roubadas e as entregaria no porto Caiuá.


No Porto Caiuá a droga era entregue para a pessoa de Paulo Adalberto da Silva, que esteve preso por ter matado o próprio irmão, sendo o responsável por providenciar a travessia da droga para o Paraná pelo Rio Paraná, utilizando para isto canoas, tendo o mesmo sido preso em sua casa no Porto Caiua com uma espingarda.


Conforme a Polícia, Jocelino Alves da Cruz e Darci Ferraz Pereira quem efetivamente realizavam o transporte da droga através do Rio Paraná até o Paraná, após a mesma ser entregue para Paulão do Caiuá, sendo presos com armas em uma canoa dentro do Rio Paraná. Umberto Zum


Também foram presos José Francisco Andrade da Silva, a esposa Ivone Dutra dos Santos, Claudemir Rodrigues e Luciano Douglas Almeida de Souza. Eles adquiriam drogas de Jocelino Borges e as revendiam em "bocas de fumo" em Naviraí.


midia max news