Tecnologia

Claro ganha 1,7 mihão de assinantes no trimestre e reverte prejuízo

19/10/2007 09:32


A Claro, companhia de celular do grupo mexicano América Móvil, adicionou 1,7 milhão de clientes no trimestre de julho a setembro, um recorde na história da companhia, de acordo com o balanço da matriz.


O número de adições é 41% superior ao de igual trimestre do ano passado. A empresa tem agora quase 28 milhões de assinantes, número 26,2% superior ao do mesmo período de 2006.


A operadora alcançou uma receita líquida de 2,5 bilhões de reais no trimestre, uma elevação de 18,9% sobre igual intervalo de 2006. No acumulado dos nove meses do ano, a receita atingiu 7,1 bilhões de reais, montante 18% superior na comparação ano a ano.


A geração de caixa (Ebitda), por sua vez, mais que dobrou, para 635 milhões de reais, contra os 284 milhões de reais do ano anterior. Dessa forma, a margem Ebitda da companhia subiu 11,7 pontos percentuais, para 25% das receitas.


Como tem capital fechado no Brasil, a Claro não divulga o resultado final do balanço, mas o lucro operacional no trimestre, informado pela matriz, foi de 4 milhões de reais, ante um resultado negativo de 125 milhões de reais no mesmo trimestre de 2006.


A forte adição de clientes fez com que a receita média por usuário caísse para 27 reais por mês, ante os 28 reais do terceiro trimestre de 2006, mas os minutos de utilização cresceram 6,1%, para 80 minutos.


computer world