Política

Governador e parceiros assinam contratos do PAC em Dourados

22/10/2007 09:07


O governador André Puccinelli vem hoje a Dourados para lançar e entregar obras nas áreas de saneamento e habitação. Juntamente com o vice-presidente da Caixa Econômica Federal Jorge Hereda e o prefeito Laerte Tetila, André assina contratos para obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e Programa Casa da Gente. Também serão entregues dois residenciais do Programa de Arrendamento Residencial (PAR) e firmado contrato para construção de moradias indígenas. A cerimônia será realizada no Parque Alvorada, a partir de 9h30.


PAC


Dourados receberá investimentos de R$ 75,6 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento. Os recursos serão aplicados em parcerias firmadas entre a Caixa Econômica e o governo estadual nas obras de saneamento, e entre a Caixa e a Prefeitura, nas ações de urbanização.


O governo estadual, por meio da Sanesul, irá investir R$ 10,5 na ampliação e melhoria dos sistemas de água e esgotamento sanitário de Dourados. O montante equivale à contrapartida do Estado para receber o repasse de R$ 42,098 milhões da União.


Na ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário serão investidos R$ 39,4 milhões, sendo R$ 31,5 milhões de recurso federal e R$ 7,8 milhões do governo de Mato Grosso do Sul. A Sanesul vai ampliar a Estação de Tratamento de Esgoto Água Boa, implantar 283 quilômetros de rede coletora e 17.600 ligações domiciliares.


Mais R$ 13,2 milhões em contratos serão assinados para melhoria no Sistema de Abastecimento de Água. Para receber o repasse de R$ 10,5 milhões, André Puccinelli garantiu R$ 2,6 milhões de contrapartida. O investimento permitirá a substituição de rede de distribuição, num total de 46 quilômetros, implantação de macro e micro medições, setorização e otimização do sistema para reduzir perdas.


A Caixa e a Prefeitura de Dourados vão aplicar também R$ 23 milhões em intervenções em favelas e ação de urbanização nas nascentes do córrego Água Boa e fundo de Vale do Jardim Clímax.


Habitação


Além do PAC, a população do município recebe obras do Programa de Arrendamento Residencial (PAR) / Casa da Gente. Dois conjuntos habitacionais construídos por meio desse programa serão inaugurados: o Estrela Itaju I e Estrela Itaju II. Com 130 e 100 unidades, os residenciais abrigam casas com dois quartos, sala, cozinha e banheiro, num total de 41,07 metros quadrados de construção. Garantir moradia para as 230 famílias representou investimento de R$ 7,7 milhões, em parceria entre Governo Federal, Estado e Prefeitura.


Mais 183 casas serão construídas por meio do contrato de R$ 5,3 milhões que será assinado para um novo empreendimento do PAR. As unidades serão erguidas no Jardim Indaiá e terão padrão semelhante aos residenciais entregues, com 40,08 metros quadrados de construção.


Indígenas também serão beneficiados com programa de habitação. O Projeto Casa do Índio vai assegurar a construção de 80 moradias, nas aldeias Jaguapiru e Bororo. A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e um banco privado são parceiras do governo do Estado e da Caixa no programa. Serão construídas casas de 31,56 metros quadrados, com dois quartos, sala, cozinha e banheiro.


agora ms