Região Centro-Oeste tem maior incidência de dengue por habitante do país

14/11/2007 14:05


A região Centro-Oeste apresenta a mais alta taxa de incidência de dengue por habitante do país: 774,4 casos por 100 mil habitantes.


Além de Campo Grande, que este ano registrou o maior número de casos da doença no Brasil (46.175), responderam pelo maior número de transmissão da doença na região os municípios com população inferior a 100 mil habitantes. As informações estão no levantamento feito pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, que analisa informações sobre a incidência da doença coletadas de janeiro a setembro de 2007. Durante os nove primeiros meses, foram registrados 481.316 casos no país.


"O aumento da transmissão nesses municípios deixa clara a necessidade de parcerias para a implementação de ações intersetoriais nas áreas mais infestadas. Os gestores devem elaborar planos integrados que aproveitem os recursos existentes para melhorar a eficácia dos programas de combate ao mosquito transmissor", afirma Fabiano Pimenta, diretor de Gestão da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde.


Segundo o relatório, o estado do Mato Grosso do Sul concentra 69% das notificações da região, respondendo por 72.265 casos. Além disso, o estado responde também pela maior incidência da doença no Centro-Oeste (3.099,8 casos por 100 mil habitantes). Mato Grosso também é classificado como um estado com alta incidência da doença por habitante. Goiás e Distrito Federal são classificados, respectivamente, como estados de média e baixa incidência.


agencia saude