Tecnologia

Microsoft processa mãe holandesa por uso de MSN

22/04/2008 08:52


A Microsoft abriu um processo contra a holandesa Carola Eppink por uso indevido da marca MSN. A mãe de família comercializava softwares para regular o tempo de uso da Internet pelas crianças.


"A Microsoft não deseja que utilizemos o nome do domínio MSNLock", declarou Gerard Ghazarian, que dirige a empresa Unicaresoft Corporation junto com Carola Eppink.


Segundo a agência AFP, a Unicaresoft Corporation comercializa há duas semanas o Benzoy, um conjunto de programas que permite aos pais limitar o tempo que seus filhos passam na rede ou usam para participar de chats, e também permite verificar as páginas visitadas e filtra grupos de palavras nas mensagens instantâneas.


O processo contra os nomes dos domínios na Internet comprados pela Unicaresoft Corporation para comercializar o Benzoy diz respeito ao uso do nome MSN, uma marca registrada pelo gigante americano.


terra informática