Idosa carregava filho morto na barriga havia 60 anos

19/01/2009 10:02


A razão da dor de estômago que durou 60 anos numa mulher chinesa foi finalmente descoberta. Médicos diagnosticaram que desde 1948 a idosa convivia com o cadáver de um feto no ventre. As informações são do jornal britânico The Sun.


A descoberta ocorreu quando a mulher, de 92 anos, sentiu novamente dores no estômago e foi fazer um exame detalhado no hospital. "Eu não podia acreditar no que meus olhos viam quando eu descobri que ela tinha um bebê morto na barriga", disse o médico Liu Anbin, de Qingshen. "Sou médico há mais de 40 anos e é a primeira vez que eu vi algo desse tipo", complementou.


Xianming Xu, diretor do departamento de Obstetrícia e Ginecologia do hospital onde a chinesa foi atendida, afirmou: "É muito raro que Huang seja tão saudável."


Agora, especialistas estão realizando testes para ver se Huang precisa fazer uma operação para remover o cadáver do bebê, morto em sua barriga desde 1948.


Terra