Esportes

Não detesto que clubes como Real me queiram, diz Kaká

23/01/2009 10:27


Depois de recusar proposta do Manchester City, o meia brasileiro Kaká interessaria ao Real Madrid. Ao ser questionado pelo diário espanhol As, à porta de sua casa, na Itália, o jogador do Milan evitou criar polêmica, mas admitiu que não acha ruim saber que grandes clubes gostariam de tê-lo como reforço.


"Não estou querendo comentar nada nestes dias porque a pressão é grande", disse o atleta. "Está tudo muito quente e preciso de tranquilidade. Um dia me colocam no Real Madrid e, no seguinte, no Chelsea", completou o meio-campista da Seleção Brasileira.


Nos últimos dias, depois de não aceitar uma proposta tentadora do City, reitera o jornal de Madri, Kaká teria dito a seu pai e representante, Bosco Leite, que deixaria a equipe italiana apenas para atuar pelo Real.


"Não detesto que tantos clubes grandes como Real Madrid ou Chelsea queiram", disse o brasileiro, eleito o melhor jogador do mundo em 2007 e apontado como promessa do dirigente Florentino Pérez, que deve ser candidato às eleições presidenciais do clube merengue.


terra