X

Adriana Esteves diz que fazer personagens reais é muito mais difícil


Prestes a estrear como Dalva de Oliveira, na minissérie Dalva e Herivelto, Uma Canção de Amor, Adriana Esteves confessou que, quando se trata de interpretar personagens que já existiram, as coisas são mais complicadas.


"Interpretar pessoas que já existiram na vida real é bem mais difícil. A Dalva é a segunda que faço. Ano passado, também fiz Maria Bonita no teatro. Existe toda uma cobrança interior do ator de ser fiel à história e à família da pessoa, aos amigos dela, aos fãs. Afinal, a caracterização tem que ser feita em respeito a uma memória", declarou.


Segundo Adriana, o trabalho de pesquisa sobre a cantora ajudou muito, na hora da composição da personagem.


"A pesquisa e os dados reais são tão enriquecedores, que a composição fica mais fácil. Acaba sendo um trabalho coletivo, pois muitas pessoas escreviam para mim, contando histórias dela. Eu tive acesso a algumas roupas originais da Dalva, que são guardadas pelo presidente do fã-clube dela, mas é uma coisa tão valiosa, que eu e a produção da minissérie resolvemos deixar intactada. As únicas coisas que eu imitei da Dalva foram os gestos, na hora de cantar", completou.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

Concurso Nacional Unificado tem quase 10 mil indígenas inscritos

Do total de vagas, 502 são para a Funai

Educação

MEC publica portaria que regulamenta o Fies Social

Serão beneficiados pela portaria estudantes com renda familiar per capita de até meio salário mínimo cadastrados no CadÚnico

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo