28 de outubro de 2021
Anuncie Aqui

Amiga teria dado Cytotec a grávida e pode responder por duplo homicídio

9 DEZ 2016 - 08h06min
Campo Grande News
Amigas há mais de 15 anos, mulher identificada como Simone Penha foi a primeira pessoa para quem Aline dos Reis Franco, 26 anos, contou que estava grávida. Foi com a ajuda desta amiga que a moça conseguiu comprar um remédio abortivo, o Cytotec, cujo princípio ativo é o Misoprostol, segundo informações policiais.
 
Banido desde 2005 pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o remédio é proibido no Brasil. A venda é considerada infração sanitária gravíssima e crime hediondo, enquadrado no Código Penal, artigo 273. Mas, no Paraguai, o medicamento circula livremente no mercado negro, o que teria facilitado o acesso das moças ao remédio, já que Porto Murtinho faz fronteira com o país.
 
?A Simone disse que a Aline tinha tomado uns oito comprimidos até que começou a passar mal. Fui abraçar o corpo da minha neta e vi que tinha uns esparadrapos, foi quando a Simone disse que tinha sido porque ela convulsionou muito?, conta Thereza Reis, avó de Aline.
 
A convulsão aliada ao sangramento, são sintomas de que o remédio gerou complicações e que a mulher deve correr para um hospital.
 
A jovem até foi levada para o hospital de Porto Murtinho para receber atendimento, mas omitiu do médico local que estava grávida e que havia tomado um remédio abortivo. Ela foi encaminhada para Campo Grande em urgência, mas morreu dentro da ambulância, na cidade de Jardim.
 
Segundo a Polícia Civil, Simone será investigada, e caso se confirme que ela deu o medicamento abortivo à Aline, pode responder por duplo homicídio. A polícia também aguarda laudos para confirmar estas versões da história.
 
Viagem - Aline saiu de Campo Grande na noite da última segunda-feira (5), sozinha, e foi para Porto Murtinho, a 421 km de Campo Grande, onde encontrou a amiga. A garota, que já tem dois filhos, estaria grávida de dois meses.
 
Simone teria contado para Helemary que recebeu Aline em sua casa, e a entregou um remédio que tem efeito abortivo. Ela passou mal. Teve convulsões, caiu no chão, bateu a cabeça várias vezes e morreu.
 
"Lá na cidade, essa amiga foi ao cartório e fez uma certidão de óbito com o tabelião dizendo que Aline tinha morrido por causa de traumatismo craniano, devido a convulsão. Eu não acredito nisso, ela tomou o remédio, teria dado cólica nela e não convulsão, já que Aline nunca teve histórico disso", contou a mãe, que não acredita da versão dos fatos dada pela amiga.
 
Na noite de ontem, Helemary foi até a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) no Centro da Capital, contou a história e foi aconselhada e descobrir a verdadeira causa da morte de sua filha.
 
"O delegado disse para eu interromper o velório e encaminhar o corpo ao Imol para que fosse feita uma autópsia. Eu não aceito o que aconteceu, impedi que essa mulher que deu o remédio para minha filha entrasse no velório dela. Acredito que ela faça parte de uma uma quadrilha".
 
O resultado da autópsia ainda não foi concluído e Helemary quer respostas. Aline deixa dois filhos, uma menina de 11 anos e um garotinho de seis, que serão criados pelos respectivos pais.

Central Pax_10
 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Policia Penal frustra plano de fuga em massa no presídio de Aquidauana

2
Anastácio

Após dois dias sumida de casa, mãe retorna para a família em Anastácio

3
Cultura

Em Marília, Anastadance reafirma posição de destaque no cenário nacional

4
Geral

Confira as oportunidades da Casa do Trabalhador de Aquidauana

Informe Publicitário

Informe

Hospital Ruralista: recursos fizeram saúde "bater forte"

Previsão do Tempo

min23 max35

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min23 max35

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
2,01m
Paraguai
0,19m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

As...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

EIS QUE CHEGOU...

Gabriel Novis Neves

MANIA NOVA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Casas de Shows

ARPA

13 de Julho, 680 Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3764
Moto Táxi

Moto Táxi Cidade

Rua Estevão Alves Corrêa, 482 Centro - Ponto de ref.: Frente à Drogaria Brasil - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-1904
Médicos

Auracélia da Silva Marques Barbero

Rua 07 de Setembro, 1193 Guanandy - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3665 / 998
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo