23 de setembro de 2020
Anuncie Aqui
-->
Região

Antes de acidente, MPF moveu ação contra responsáveis pela linha férrea em MS

São alvo empresas, concessionárias e até mesmoa própria União

6 DEZ 2019 - 08h36min
Da Redação

O Ministério Público Federal (MPF) em Mato Grosso do Sul (MS) ajuizou ação civil pública em face de empresa e órgãos públicos responsáveis pela antiga malha ferroviária que corta o estado, com o objetivo de compelir essas instituições a executar a manutenção e preservação adequada dos imóveis e via férrea. São alvos da ação a empresa Rumo Malha Oeste, antiga América Latina Logística (ALL), o Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT), a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a União.

A ação foi ajuizada momentos antes de uma tragédia. Acidente com vagão de trem descarrilado ocorrido na quarta-feira, em Corumbá, matou Elida Aparecida Campos, de 44 anos, coordenadora da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Corumbá. O acidente foi registrado onde a linha férrea cruza com Avenida Gaturama, no bairro Centro América.

A vítima estava em automóvel Fox, quando o vagão desgovernado atingiu o automóvel dela, que foi arrastado por mais de 100 metros. Ao todo, o vagão percorreu ainda mais dois quilômetros, atingindo uma moto e um carro, mas sem deixar outros feridos. 

Com o impacto, Elida ficou presa nas ferragens e foi neccessário uso do desencarcerador para retirá-la. Ela estava sozinha no veículo, foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada à Santa Casa, mas não resistiu e morreu no CTI. Testemunhas informam que pelo menos seis vagões descarrilaram.

Ação

Conforme a ação, os prédios referidos na ação, muitos dos quais constituem parte do acervo histórico e cultural do estado, estão degradados e abandonados, tanto pela ação do homem como pela da natureza. O MPF pede que a empresa Rumo Malha Oeste cumpra seu dever de conservar a via férrea e suas dependências, bem como execute medidas de conservação e manutenção das áreas internas e externas das antigas estações. A ANTT é responsável pela gestão e fiscalização da execução do contrato de concessão do trecho ferroviário.

Já ao DNIT, como titular dos bens, cabe a fiscalização da reparação devida. Se for o caso, o departamento poderá consultar entidades e órgãos públicos acerca do interesse destes em utilizar os bens que não estão sendo usados para o funcionamento da ferrovia. Caso não haja órgãos públicos interessados, os imóveis devem ser transferidos ao Iphan, a quem compete receber e administrar os bens móveis e imóveis de valor artístico, histórico e cultural, oriundos da extinta Rede Ferroviária Federal (RFFSA), bem como zelar pela sua guarda e manutenção.

Situação atual

São objetos da ação 38 estações no estado, entre os municípios de Campo Grande, Terenos, Aquidauana, Miranda, Ribas do Rio Pardo e Sidrolândia. Diferente do brilho que carregaram antigamente, essas estações estão hoje à mercê da degradação. Com o mato crescendo desenfreadamente e pichações tomando conta de paredes, algumas têm até mesmo o ferro de seus trilhos furtados. Sem segurança ou zelo, alguns espaços acabam sendo ocupados por usuários de drogas.

De acordo com o MPF, a perda desses locais é um prejuízo inestimável para história e cultura dessas cidades, uma vez que as estações representam a materialização da história do desenvolvimento do estado. Além disso, a deterioração dos bens causa prejuízo financeiro a União pois é dever da concessionária zelar pelo bom estado de uso e conservação dos bens que recebeu para desenvolver o transporte ferroviário.

 

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Acidente entre caminhão e moto deixa duas vítimas em estado grave, em Aquidauana

2
Aquidauana

Aquidauanense de 99 anos é a nova vítima fatal da Covid-19

3
Política

Candidato a prefeito, deputado estadual e vice testam positivo para Covid-19

4
Política

Confira a lista de candidatos a vereador pelo Podemos em Aquidauana

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min20 max36

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min20 max36

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
1,83m
Paraguai
1,01m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Talvez...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"UMA APRENDIZAGEM ou O LIVRO DOS PRAZERES"

Flavia Rohdt

Aldravia 25 #PantanalemChamas

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Escolas Particulares

Genius Escola de Formação Profissional

Rua Estevão Alves Corrêa, 2011 Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4118
Auto Posto

Nossa Senhora de Fátima

Rua Marechal Mallet, 804 centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 8199/ 7705
Pizzarias

Pizza Jóia

Av. Dr. Sabino, 272 Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2002
Ver Mais
Fale com a redação