18 de setembro de 2021
Anuncie Aqui

Cantar é terapia complementar para pacientes de Alzheimer em Brasília

26 JAN 2009 - 08h35min
agência brasil

O estímulo ao canto tem trazido bons resultados para pacientes de Alzheimer em tratamento no Hospital Universitário de Brasília (HUB). Criado em 2005, o coral da unidade funciona como terapia complementar para os portadores da doença.

Campanha Drogaria Aquidauana Institucional - 02

De acordo com o idealizador da proposta e presidente da Associação Mundial de Gerontologia e Geriatria, Renato Maia, a iniciativa tenta recuperar a memória, a alegria e o bem-estar dos pacientes.


"Não nos foi possível ainda comprovar isso através de testes científicos, mas familiares tem notado que os casos de pacientes que freqüentam o coral tem ficado mais estáveis, eles estão muito mais alegres e comparecem ao centro com mais disposição que antes", disse.


Para Maia, os encontros do coral são animados. O grupo, que conta com quase 30 pessoas, tem no repertório sambas, marchinhas de carnaval e músicas folclóricas. "As músicas escolhidas são geralmente fáceis e do passado. São aquelas que os pacientes tiveram mais oportunidade de ouvir e que tem maior possibilidade de recordar."


Além dos pacientes, os familiares são convidados a participar do coral. Segundo Maia, a integração entre parentes e portadores da doença é muito importante, pois melhora a qualidade de vida deles.


"Muitos pacientes com Alzheimer sequer conseguem cantar a letra da música corretamente. O familiar é quem auxilia e incentiva e essa forma de terapia visa também a contribuir para o bem-estar do familiar, que sofre muito com a pessoa que tem a doença", afirmou.


Os ensaios do coral ocorrem todas as terças-feiras, pela manhã, no corredor do primeiro andar do ambulatório do HUB. Além dos encontros regulares no hospital, o grupo também faz apresentações em diversos locais de Brasília. Já se apresentaram no Setor Comercial Sul, na Universidade de Brasília e em um shopping da cidade.


"A primeira apresentação que o coral fez foi num evento em que se comemorava os cem anos da descrição da doença de Alzheimer. Houve grande emoção. Vários médicos e vários profissionais chegaram a chorar ao ver pacientes cantando, muito alegres, rindo", disse.


Segundo ele, a terapia complementar não visa apenas descobrir a cura da doença, controlar a agressividade e melhorar a memória dos pacientes, mas também fazer com que os pacientes reencontrem a alegria de viver.


De acordo com a Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz), o mal de Alzheimer é uma doença degenerativa do cérebro, que atinge, atualmente, entre 17 e 25 milhões de pessoas em todo o mundo. Esquecimento e confusão mental são os principais sintomas da doença. A causa ainda é desconhecida e não há cura. Entretanto, já existem drogas que atuam no cérebro tentando bloquear a evolução da doença.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Acidente na MS-450 mobiliza socorristas do Corpo de Bombeiros de Aquidauana

2
Aquidauana

Mesmo com o fim repentino do pai, Ronny se apega à beleza da história do seu melhor "herói" amigo

3
Policial

PMA prende três caçadores e apreende armas e animais abatidos

4
Policial

Idoso é flagrado com 45 pescados ilegais na BR-262

Informe Publicitário

Informe

De loja nova, Soffi Cosméticos vai dar um up na sua beleza

Previsão do Tempo

min24 max41

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min24 max41

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
2,01m
Paraguai
0,19m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Na...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

MUDANÇAS: APLIQUES DO DESTINO!

Gabriel Novis Neves

MANIA NOVA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Escolas Estaduais

Escola Estadual Felipe Orro

Rua Carlos pereira Bandeira, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 1206
Bancos

Banco Bradesco

Rua 7 de Setembro, 770 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-1556 www.bradesco.com.br
Pizzarias

Pizza 10 +

Rua: Teodoro Rondon, 386 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS 3241-1010
Ver Mais
Supermercado Seriema - 18 de Setembro - 01
2
Entre em nosso grupo