X

Coleta direta de células tronco chega em Mato Grosso do Sul

Mato Grosso do Sul terá, a partir desta semana, o primeiro local direto de coleta de sangue do cordão umbilical – material rico em células tronco – que geralmente é descartado na hora do parto e poderia garantir, no futuro, a substituição de células doentes do organismo em saudáveis. A unidade master do Banco de Cordão Umbilical (BCU), instalada na Capital, na Avenida Afonso Pena, 5154 (em frente ao Shopping Campo Grande), será inaugurada no dia 10 de fevereiro, com a presença de sua consultora técnica, doutorada em Biologia Molecular pela Universidade Federal de São Paulo, Lilian Piñero Eça.

Há nove anos Lilian Piñero faz pesquisas sobre o assunto. Lançou o livro Biologia Molecular - Guia prático e didático e disputa prêmio de biologia experimental (técnica para retirada de células tronco de gordura).
Nesta quarta-feira, ela estará na Capital à disposição de interessados sobre o assunto e, à noite, fará palestra restrita aos médicos de Campo Grande, no auditório do Hotel Exceler Plaza.

Cordão Umbilical

O cordão umbilical, segundo a doutora Lilian Piñero Eça, é rico em células tronco, capazes de se multiplicar e diferenciar-se nos mais variados tecidos do corpo humano: sangue, ossos, músculos e nervos. “Trata-se de uma maravilhosa descoberta. O que antes era apenas uma esperança de tratamentos, hoje, se tornou realidade consumada. Em linhas gerais, podemos descrevê-las como: peças novas que podem substituir defeituosas, isto porque elas se transformam em qualquer célula do organismo ou se fundem a uma célula doente, tornando-a saudável”, esclareceu.

Porém, na maioria dos casos, esse importante meio de ligação de vida (o sangue do cordão umbilical) vai para o lixo. “Pensando no futuro do bebê, oferecemos a coleta deste material, a oportunidade única que valerá para o resto da vida”, afirmou a sócia-proprietária da unidade master em Campo Grande, Beatris Koshimizu.

Com a vinda da doutora Lilian, conforme explicações da empresária, será possível discutir na Capital as verdades e mentiras feitas com células tronco e os procedimentos adotados pela medicina. “As células tronco já podem ser aplicadas nos seres humanos para algumas doenças”, disse.

A especialista no assunto justificará por que o sangue do cordão umbilical deverá ser armazenado. “Por ser uma das melhores fontes de células tronco. Ela ainda não sofreu nenhuma influência de fatores externos (estresse, tempo, medicamentos, infecções, alterações de temperatura), tem demonstrado expressiva vantagem em sua eficácia terapêutica no tratamento de inúmeras doenças”, enfatizou doutora Lilian.

Serviço: A palestra de Lilian Piñero Eça é gratuita. Porém, as vagas são limitadas. Médicos interessados no assunto favor entrar em contato pelo telefone (escritório: 3025-4686/ 3025-4696)

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Guerra

Guerra na Ucrânia completa 2 anos sem previsão de acabar

Invasão da Rússia no país vizinho faz dois anos hoje

Receita Federal

Pasta base de cocaína avaliada em R$ 3 milhões é apreendida na Capital

Droga estava escondida em cilindro de ar

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo