21 de outubro de 2020
Anuncie Aqui
-->

Confira os resultados desta quarta-feira pela Série A do Brasileirão

Pelo Brasileirão, Cruzeiro, Grêmio e Atlético-PR vencem e lideram. Na luta contra a queda, Flamengo, São Paulo, Lusa e Ponte Preta também ganham.

17 OUT 2013 - 08h15min
Globoesporte.com
CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 (29ª RODADA)
 
Cruzeiro 1 x 0 Fluminense (*foto)
Mesmo com a liderança folgada do Cruzeiro no Brasileirão, Borges não vive exatamente uma lua de mel com a torcida. Contestado depois de marcar apenas dois gols nos últimos oito jogos que disputou, todos como titular, ele passou a semana sob a ameaça de barração. Porém, o atacante recebeu mais uma chance do técnico Marcelo Oliveira e retribuiu com o gol da vitória sobre o Fluminense por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Mineirão, encerrando a sequência de duas derrotas do líder da competição. O duelo recebeu 31.564 pagantes, com uma renda de R$ 1.270.930,00.
 
Enquanto o centroavante cruzeirense fez as pazes com a torcida, do outro lado o tricolor Samuel desperdiçou três ótimas chances de empatar, uma delas parando em grande defesa de Fábio.
 
- Precisávamos de uma vitória e sabíamos da dificuldade que ia ser. Com muita luta conseguimos uma bela vitória - afirmou o goleiro.
 
A vitória levou o Cruzeiro a 62 pontos e o manteve a dez do Grêmio, que derrotou o Corinthians na rodada e é o adversário mais próximo do líder. Já o Fluminense, que não vence há cinco partidas, continua estacionado nos 35 pontos, em 15º lugar.
 
Após a partida, os tricolores cercaram o árbitro Paulo Henrique de Godoy Bezerra (SC), e Felipe recebeu cartão vermelho. Rafael Sobis já havia sido expulso durante o jogo.
 
- É brincadeira o que esse juiz mais uma vez aprontou. Duas faltas do Cruzeiro no primeiro tempo para cartão, e ele não deu. Depois segurou o jogo e inverteu várias jogadas. Nossa diretoria tem que tomar alguma providência - protestou o zagueiro Leandro Euzébio.
 
 
Santos 0 x 0 Internacional
Santos e Internacional entraram em campo, nesta quarta-feira chuvosa, na Vila Belmiro, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, para tentar emplacar uma sequência de duas vitórias consecutivas e se aproximarem do G-4, mas falharam na missão. Diante de um público pequeno, as equipes não saíram do 0 a 0 e somaram apenas um ponto na embolada tabela da competição.
 
Se o futebol não saltou aos olhos, o que chamou atenção foi o apagão ocorrido no segundo tempo do jogo, que ficou paralisado por 16 minutos. Porém, o que se viu antes e depois do blecaute foram poucas boas defesas e muitos erros de pontaria dos dois lados.
 
Com o resultado desta quarta-feira, Santos e Internacional chegaram a 40 e 41 pontos, respectivamente. O Peixe volta a campo no próximo sábado, contra o Náutico, na Arena Pernambuco. O Colorado, por sua vez, tem pela frente o clássico diante do Grêmio, no domingo, no Estádio Centenário.
 
 
São Paulo 3 x 0 Náutico
Com uma grande exibição de Paulo Henrique Ganso, o São Paulo cumpriu nesta quarta-feira seu dever de bater o lanterna e respirar no Campeonato Brasileiro. Um passe de calcanhar para iniciar a jogada que Ademilson concluiu e um golaço coroaram a noite de gala do maestro. A vitória por 3 a 0 deixa o Tricolor em situação mais confortável para fugir do rebaixamento e coloca o Náutico bem perto da Série B.
 
Desde o início, Ganso assumiu a responsabilidade de organizar o time e criar chances. Criou várias no primeiro tempo, mas o ataque só acordou quando o toque de costas do camisa 8 encontrou Aloísio e depois Ademilson. Na etapa final, ele garantiu a vitória ao passar por três marcadores e tocar rasteiro no canto esquerdo de Ricardo Berna. Um golaço. Welliton ainda entrou para fazer o terceiro.
 
O resultado faz a equipe de Muricy Ramalho subir para o 12º lugar, agora com 37 pontos, cinco acima do grupo dos quatro últimos (distância que ainda pode cair para três, já que o Vasco joga nesta quinta-feira). De quebra, o Tricolor ultrapassou o Corinthians, seu maior rival, que perdeu para o Grêmio, por 1 a 0, e se manteve com 37, mas fica em 13º porque tem duas vitórias a menos - até o técnico Muricy chegou a brincar com a derrota corintiana, passando como gremista por um dia.
 
Já os pernambucanos se afundam ainda mais e estão muito próximos da queda. O Alvirrubro segura a lanterna, com apenas 17, exatamente a metade do que tem o Coritiba, primeiro time fora da zona da degola. Faltam nove rodadas para o fim.
 
Na próxima rodada, o São Paulo enfrenta o Bahia, domingo, às 16h, na Fonte Nova, em Salvador. O Náutico recebe o Santos, sábado, às 18h30m, na Arena Pernambuco.
 
 
Ponte Preta 1 x 0 Coritiba
Quantos jogos o Coritiba ganhou graças ao pé esquerdo de Alex? Só lembrar do título paranaense, no primeiro semestre, para se ter uma ideia. Assim, o raciocínio lógico de quem enfrenta o Coxa é simples: anular o camisa 10 = maior chance de vitória. A Ponte, mesmo com notas baixas na matemática do Campeonato Brasileiro, aprendeu bem a equação. Não só impediu que o maestro jogasse, como também atacou o rival com a mesma moeda. Resultado final: bomba de Uendel, vitória simples da Macaca, nesta quarta-feira, pela 29ª rodada.
 
A lição de casa bem executada garantiu uma motivação extra na reta final do Brasileiro. A Ponte Preta de Jorginho soma agora 29 pontos e, apesar de permanecer em penúltimo lugar (acima somente do Náutico), diminuiu a distância para o Coritiba - primeiro time fora da zona de rebaixamento - para cinco. Além disso, reabilitou-se da derrota por 2 a 1 para o Santos, no Pacaembu.
 
Por outro lado, o Coritiba conhece a quinta derrota nos seis últimos jogos. Segue como a pior equipe do segundo turno do Brasileiro e acompanhará com atenção incomum o complemento da rodada nesta quinta-feira. Isso porque o Vasco - 18º com 32 pontos - enfrenta o Goiás em São Januário. Se os cariocas vencerem, empurram o Coxa para a degola.
 
O caminho para se livrar da volta à Série B em 2014 tem mais uma batalha para os dois clubes no fim de semana. No Maracanã, a Ponte encara o Fluminense, mais um adversário que luta para escapar das últimas posições. Já a missão do Coritiba é bem mais ingrata. Encara, no domingo, o Cruzeiro, líder e provável campeão brasileiro.
 
 
Criciúma 1 x 3 Portuguesa
Quem está na parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro tem que estar ligado a todo momento. E foi o que fez a Portuguesa na noite desta quarta-feira, no Heriberto Hülse: entrou a mil e em apenas 13 minutos abriu caminho para a vitória por 3 a 1 sobre o Criciúma. Com o 2 a 0 construído logo no início, soube segurar a pressão do Tigre e da torcida tricolor, que compareceu em bom número (11.633 presentes) no dia do aniversário do seu estádio. O reencontro com o triunfo após duas partidas significou à Lusa o distanciamento da zona de rebaixamento, de onde o time catarinense ansiava sair com um terceiro resultado positivo seguido.
 
A Portuguesa, que manteve o tabu de jamais ter perdido para o rival no Brasileirão, chegou aos 37 pontos e ao 11º lugar, ganhando mais fôlego na luta contra o rebaixamento. No próximo domingo, a equipe recebe o Vitória no Canindé, às 18h30m (de Brasília).
 
Na 17ª posição, com 32 pontos, o Criciúma perdeu grande chance de sair do Z-4, uma vez que o Coritiba foi derrotado pela Ponte Preta ? o Tigre ainda pode cair uma colocação caso o Vasco derrote o Goiás nesta quinta-feira, em São Januário. A equipe volta a campo no próximo sábado, quando enfrenta o Corinthians em Itu, às 21h30m (de Brasília).
 
 
Flamengo 2 x 1 Bahia
A torcida do Flamengo já pensava na maldição do terceiro uniforme e seu péssimo retrospecto na história - três vitórias em 23 partidas. Mas Hernane mais uma vez mostrou estrela. O artilheiro do novo Maracanã fez um gol salvador aos 40 minutos do segundo tempo - o seu 11º em 11 jogos no estádio - e ajudou o Rubro-Negro a derrotar o Bahia por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, pela 29ª rodada do Brasileiro. Quem também garantiu o resultado foi Felipe, autor de duas defesas salvadoras, uma no último lance do jogo. Paulinho também deixou a sua marca, enquanto Fernandão descontou para o Tricolor. O Maracanã recebeu 8.474 pagantes (12.443 presentes), com uma renda de R$ 361.830.
 
Pela primeira vez o técnico Jayme de Almeida ouviu os gritos de "burro" da arquibancada ao usar sua última substituição, quando o jogo estava empatado por 1 a 1, para colocar Val no lugar de Elias. O escolhido para entrar seria Rafinha, mas o camisa 8, exausto, pediu para sair. A reclamação durou pouco tempo, menos de dois minutos, até o Brocador fazer seu 13º gol na competição e abraçar Jayme na comemoração.
 
O Bahia poderia ter saído do Maracanã com um resultado melhor, mas a estratégia ofensiva de Cristóvão Borges - depois de perder Wallyson, contundido - não soube explorar a pouca velocidade de André Santos. O jogador foi improvisado na lateral esquerda do Flamengo ainda no primeiro tempo, após a lesão de João Paulo. Quando caiu pelo setor, Wiliam Barbio ganhou fácil do rubro-negro na velocidade, mas o atacante foi mantido do lado aposto do campo para ajudar na marcação.
 
Com o resultado, o Flamengo subiu para nono lugar com 40 pontos e abriu oito para a zona da degola. Já o Bahia permaneceu com 36 e pode terminar a rodada só dois pontos à frente do Z-4, caso o Vasco derrote o Goiás, nesta quinta-feira, em Macaé. Na próxima rodada, o Flamengo visita o Atlético-MG no domingo, às 16h (de Brasília), no Independência. No mesmo dia e horário, o Bahia recebe o São Paulo, na Fonte Nova.
 
 
Grêmio 1 x 0 Corinthians
Nove jogos, 34 dias, 905 minutos. O longo e incômodo jejum de Barcos acabou com uma matada no peito e um belo arremate de pé esquerdo, num lance que deu a vitória ao Grêmio por 1 a 0 sobre um apático Corinthians, na noite desta quarta-feira, na Arena Grêmio. O gol do Pirata deixou o Tricolor na vice-liderança, cada vez mais perto da Taça Libertadores, e afundou um pouco mais o rival, agora preocupado com a zona de rebaixamento ? Portuguesa e São Paulo, equipes que vêm lutando apenas contra a degola, já ultrapassaram o Corinthians na tabela.
 
A vitória levou a equipe de Renato Gaúcho aos 52 pontos, a dez do líder Cruzeiro, mas com a classificação para a Libertadores bem próxima ? são 11 pontos de vantagem para o rival Inter, sexto colocado (atrás do Atlético-MG, já garantido no torneio do ano que vem por ser o atual campeão). Os destaques da vitória foram a boa mexida no segundo tempo, com Maxi Rodríguez se destacando e dando assistência, e o fim do peso nas costas de Barcos. O argentino não marcava desde o dia 11 de setembro, contra o Náutico, e mostrou alívio na comemoração do gol, com socos no ar e muita garra.
 
Sobre o Corinthians, paira a preocupação. Com 37 pontos, o time de Tite precisa se preocupar mais com a parte de baixo da tabela ? está a cinco pontos do Criciúma, primeiro na zona da degola, mas esse número pode cair se o Vasco vencer o Goiás nesta quinta (neste caso, o Coritiba, com 34, passaria a ser o 17º). Com mais uma atuação em branco no ataque, o Timão está há quatro jogos sem fazer gols. Pouquíssimo para um time com cada vez menos alternativas.
 
O Grêmio volta a campo no próximo domingo, em clássico contra o Internacional, às 16h (de Brasília), em Caxias do Sul. O Timão enfrenta o Criciúma em duelo de quase desespero, sábado, às 21h, em Itu.
 
 
Atlético-PR 1 x 0 Atlético-MG
O meia Paulo Baier era a principal esperança da torcida do Atlético-PR. De contrato renovado, ele buscava ao 100° gol na era dos pontos corridos. O maestro não alcançou a meta individual, mas foi decisivo para a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-MG na noite desta quarta-feira, na Vila Capanema, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, ao dar, de letra, a assistência para Roger marcar, aos 39 minutos do segundo tempo, o gol da vitória rubro-negra.
 
O resultado do duelo que recebeu 6.811 pagantes (7.790 ao todo, para uma renda de R$ 81.730,00) foi importante para o Furacão e garantiu a subida de uma posição na tabela, pelo menos até esta quinta-feira, quando o Botafogo enfrenta o Vitória no Barradão. Agora, o clube é o terceiro colocado, com 51 pontos, um a menos que o Grêmio, segundo. O Galo permanece em quinto com 42.
 
Na próxima rodada, o Atlético-PR tenta mais uma vitória contra o Goiás, às 16h (horário de Brasília) de domingo, no Serra Dourada. O Atlético-MG vai atrás da recuperação diante o Flamengo, na Arena Independência, também às 16h de domingo.
 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Mãe flagra filha adolescente seminua com o marido e é atingida a golpes de facão

2
Aquidauana

Sem sinalização, mais um acidente é registrado na rua Antônio Campelo

3
Miranda

Com prefeito a bordo, pescadores se maravilham ao avistar 4 onças à beira do Rio Miranda

4
Aquidauana

Para Tati, fé foi imprescindível para superação da perda e também na chegada de Sofia

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max32

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min23 max32

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,22m
Miranda
1,52m
Paraguai
(-) 31

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"JÁ TENTEI OLHAR BEM DE PERTO"

Valdemir Gomes

Ainda...

Rosildo Barcellos

Poluição como questão de saúde pública!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Farmácias e Drogarias

Farmácia Princesa do Sul

Rua Marechal Mallet, 634 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3050
Restaurantes

Restaurante Amarelinho

Praça das Nações, 138 - 79210-000 Anastácio/MS (67) 3245 1093
Advocacia

Fabiana Moreira Sortica dos Santos / Ary Sortica

Rua Augusto Mascarenhas, 506 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3122/3241-
Ver Mais
Fale com a redação