19 de outubro de 2020
Anuncie Aqui
-->

Confira os resultados deste domingo das Séries A, C e D do Brasileiro

Cruzeiro dá mais um passo rumo ao título e Atlético-PR pula para terceiro. Vasco empata com o Flamengo e volta ao Z-4. Tupi-MG sobe à Série C.

7 OUT 2013 - 08h15min
Globoesporte.com
CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 (26ª RODADA)
 
Internacional 1 x 0 Fluminense (*foto)
Leandro Damião reencontrou a titularidade. E, por consequência, o Inter acabou reencontrando a vitória, depois de quatro derrotas no Campeonato Brasileiro (Bahia, Portuguesa, Cruzeiro e Vasco) e um empate na Copa do Brasil. Pela 26ª rodada, foi do atacante o gol decisivo na vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, o que ajuda os colorados a seguirem vivos na briga pelo G-4, agora com 37 pontos, seis a menos que o Botafogo, último time da zona de classificação à Libertadores. O Tricolor, que jogou cheio de desfalques, encerra uma sequência de oito partidas invicto, fica com 34 pontos e se distancia mais do sonho de garantir vaga na competição continental ano que vem.
 
A entrada de Damião após dois jogos na reserva não foi a única novidade - ele estava há 12 sem balançar a rede. No banco também havia diferença. Chamado para comandar o Inter interinamente após demissão de Dunga, Clemer tratou de devolver a Leandro Damião a condição de titular. Gritou bastante, mostrou descontentamento em alguns momentos. Do lado tricolor Vanderlei Luxemburgo não era visto. Em uma cabine do estádio, o treinador observou o time comandado por Junior Lopes. Suspenso por duas partidas pela sua expulsão contra a Portuguesa, era o que lhe restava.
 
- O jogo foi muito difícil, mas o importante hoje não era jogar bem, mas conquistar a vitória. Todo mundo se entregou. Desde o D?Alessandro, que no início do jogo já estava dando carrinho. Isso passou para todo o grupo, que se entregou o tempo todo - vibrou Clemer.
 
Na sua estreia como profissional, o goleiro Kléver executou três defesas difíceis, mas não foi o suficiente.
 
- Queria mesmo era a vitória, independentemente de ter ido bem. Saímos daqui tristes pela derrota. Com certeza, estou há muito tempo aqui, ralando bastante, fui bem, mas o resultado não foi o que esperávamos - resumiu o goleiro.
 
Para o meio de semana quem embarcará para o Rio de Janeiro é o Internacional. Na próxima quinta-feira os colorados têm encontro marcado com o Flamengo, no Maracanã, às 21h (horário de Brasília). O Fluminense sequer fará escala no Rio para o clássico com o Vasco. Quarta-feira, às 21h50m, os rivais se enfrentam na Ressacada, em Santa Catarina. 
 
 
Flamengo 1 x 1 Vasco
Flamengo e Vasco entraram em campo neste domingo à tarde no Mané Garrincha motivados pelas últimas vitórias. O torcedor de Brasília - 37.597 pagantes proporcionaram a renda R$ 2.054.140 - esperava um Clássico dos Milhões cheio de boas jogadas e emoções. Isso aconteceu mais no segundo tempo, quando o Vasco, em desvantagem na primeira etapa - Hernane abrira o placar -, esteve melhor, chegou ao empate com Willie e ficou mais perto de vencer, apesar da pressão rubro-negra no fim. Mas a partida, de baixo nível técnico, marcada pela rispidez, muito paralisada por faltas, ficou no 1 a 1.
 
É bom lembrar que os dois gols na partida nasceram de erros individuais. No de Hernane, Cris tentou cortar a bola, que sobrou livre para Paulinho fazer o centro na medida para o Brocador apenas escorar. No de Willie, foi a vez de João Paulo falhar ao tentar interceptar o lançamento de Jhon Cley.
 
O resultado, ruim para as duas equipes, resume a campanha irregular no Campeonato Brasileiro. Os rubro-negros caíram para o 12º lugar, com 34 pontos ganhos, e veem quebrada a série de dois triunfos seguidos. Para os vascaínos, o 1 a 1 representou a volta à zona de rebaixamento, no 17º lugar, com 29 pontos. O que faz o clássico contra o Fluminense, quarta-feira, na Ressacada, em Florianópolis, mais decisivo ainda. No dia seguinte, o Fla receberá o Inter no Maracanã, em confronto direto por posições na tabela. 
 
 
Náutico 1 x 4 Cruzeiro
No jogo do líder contra o lanterna do Brasileirão 2013, deu a lógica. O Cruzeiro ignorou o mando de campo e a disposição do Náutico e goleou por 4 a 1. Agora com 59 pontos, a Raposa continua olhando com folga para o retrovisor, já que o vice-líder Grêmio tem 11 pontos a menos. O time deixa o Nordeste com a liderança garantida e números impressionantes: não perde há 12 jogos, nos quais fez 30 gols e sofreu apenas oito. Já o Timbu, em 20º lugar com 17 pontos, interrompeu a série de quatro jogos sem derrota.
 
O Cruzeiro saiu na frente do placar com Ricardo Goulart, aos nove minutos do primeiro tempo. Aos 28, Maikon Leite, o melhor em campo pelo time recifense, empatou. O Náutico jogou de igual para igual com o líder e esteve muito perto de virar a partida. Mas na etapa complementar, a Raposa mostrou que não está na ponta da tabela à toa. Ricardo Goulart recolocou os mineiros na frente aos sete. Aos 13, Éverton Ribeiro, de pênalti, fez o terceiro da Raposa, e Mayke encerrou a conta. No total, o público foi de 20.661 espectadores para uma renda de R$ 528.715.
 
Na próxima quarta-feira, o Cruzeiro terá a chance de provar mais uma vez que é mesmo o favorito ao título. Jogará no Mineirão, às 21h50m, contra o São Paulo, que luta contra o rebaixamento. No mesmo dia e horário, o Náutico terá outra batalha na Arena Pernambuco, desta vez contra o Botafogo, que encontra-se em má fase, mas precisa da vitória para se manter firme no G-4.
 
 
Atlético-MG 0 x 0 Corinthians
Atlético-MG e Corinthians estão entre os grandes times do futebol brasileiro nos últimos anos. São os dois últimos campeões da Libertadores, e o Timão poderá passar as faixas do Mundial, conquistado em dezembro, para o Galo, que poderá ter pela frente o poderoso Bayern. Roteiro mais brilhante e pomposo do que o jogo deste domingo no Independência.
 
Foram só 45 minutos de bom futebol no 0 a 0. Retrato de como o futebol muda rápido. Enquanto os paulistas hoje são um time instável, cujo ataque não assusta ninguém, o Galo sofreu com inúmeros desfalques. Peças-chave do título sul-americano: o goleiro, o capitão, a referência, o artilheiro... Tudo isso se refletiu num segundo tempo de pouca criatividade.
 
O título, cada vez mais nas mãos do Cruzeiro, já não é mais possível às duas equipes. Como o Atlético já está garantido na Libertadores do ano que vem, usará a reta final do Brasileirão para os últimos retoques antes do Mundial da Fifa. Ele ainda pode terminar entre os melhores, está a quatro pontos do G4.
 
Já o Timão ainda precisa justificar o alto investimento e reconquistar a vaga no torneio continental de 2014. A desvantagem para a zona dos que se classificarão para a Taça Libertadores aumentou. Agora são oito pontos atrás do Botafogo.
 
As duas equipes voltarão a campo na próxima quarta-feira. O Galo visitará a Ponte Preta, habitual frequentadora da zona de rebaixamento, às 21h. Um pouco mais tarde, às 21h50, o Timão terá o Atlético-PR pela frente, em Mogi Mirim, fruto da punição do STJD em razão da briga de sua torcida com vascaínos no jogo disputado em Brasília, no primeiro turno. O Furacão está no G4, zona da tabela que os paulistas tentam alcançar.
 
 
Atlético-PR 2 x 1 Coritiba
O Atletiba do segundo turno do Campeonato Brasileirão foi quente. O favorito Atlético-PR levou a melhor e venceu o Coritiba por 2 a 1, de virada, voltando a vencer após duas derrotas seguidas, resultado que levou o time comandado por Vágner Mancini para o terceiro lugar. Julio César abriu o placar para o Coxa, mas Paulo Baier marcou duas vezes e deu a vitória ao Furacão.
 
O clássico não foi pegado só no gramado. Os reservas do Coxa reclamaram de um isqueiro jogado no campo por torcedores do Atlético-PR, ainda no primeiro tempo. No intervalo, rubro-negros brigaram entre si, obrigando a Polícia Militar a reagir com balas de borracha. Instável, uma parte do alambrado teve risco de cair, atrasando o início do segundo tempo em 14 minutos.
 
Com o resultado, o Atlético-PR pula para a terceira posição, com 44 pontos, a cinco do quinto colocado, hoje o Atlético-MG. O Furacão volta a campo contra o Corinthians, às 21h50m (horário de Brasília) de quarta-feira, no Romildão, em Mogi Mirim.
 
A situação do Coritiba fica mais complicada. O Verdão sofreu a terceira derrota seguida e permanece em 15º lugar, com 31 pontos, apenas dois acima da zona de rebaixamento. Já são sete partidas sem vencer. A chance de voltar a triunfar será na quarta-feira, contra o Santos, às 19h30m, no Estádio Couto Pereira.
 
 
Portuguesa 3 x 0 Santos
O clássico entre Portuguesa e Santos neste domingo marcou o retorno de Guto Ferreira ao banco de reservas da Lusa e também do Rubro-Verde ao Canindé. Mas o que a torcida anfitriã mais comemorou nesta 26ª rodada do Brasileirão foi a volta do time ao caminho das vitórias. Jogando de forma organizada, a equipe superou o Peixe por 3 a 0, recuperou-se da goleada para o Cruzeiro e subiu para o décimo lugar. Ao Alvinegro restou o lamento de, mais uma vez, desperdiçar uma grande oportunidade de encostar definitivamente no G-4 ? a equipe encerra o fim de semana na oitava posição, com 36 pontos, sete a menos que o Botafogo, primeiro do grupo de classificação à Libertadores.
 
A vitória da Lusa foi construída com trapalhadas do goleiro santista Vladimir, que não jogava uma partida oficial desde 2011, e com gols de Luis Ricardo, no primeiro tempo, e Gilberto (duas ezes) na etapa final.
 
Derrotado, o Alvinegro volta a campo na próxima quarta-feira, às 19h30m (de Brasília), contra o Coritiba, no Couto Pereira. Vitoriosa, a Lusa retorna ao Canindé para enfrentar o Goiás, no mesmo horário, mas na quinta-feira.
 
 
Bahia 1 x 1 Ponte Preta
Em um jogo de pouca qualidade técnica, Bahia e Ponte Preta ficaram no empate de 1 a 1 na Fonte Nova. Em uma noite de pouco brilho, apenas os artilheiros de Bahia e Ponte tiveram boas lembranças. William marcou para a Macaca e Fernandão empatou para os baianos. O goleiro Marcelo Lomba também teve participação decisiva no resultado.
 
Principal nome da Ponte Preta no campeonato, William não decepcionou e marcou o seu 28º gol na temporada. Pelo lado do Bahia, restou a Fernandão fazer o seu 11º primeiro gol na Série A,  se igualando a Souza e Nonato como maior artilheiro do Bahia na era dos pontos corridos. Tão decepcionante quanto o futebol apresentado pelas duas equipes na Fonte Nova foi o público. Apenas 7.220 pagaram ingresso. No total, 9.448 acompanharam a partida na arena baiana.
 
Com o resultado, o Bahia chegou aos 33 pontos e terminou a rodada na 14ª posição, enquanto a Macaca chegou a 23 e segue em 19º. O Bahia volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h, quando enfrenta o Vitória, no tradicional clássico Ba-Vi, na Fonte Nova, em Salvador. Já a Ponte Preta recebe o Atlético-MG no Moisés Lucarelli, em Campinas.
 
 
Goiás 1 x 1 Criciúma
Lins e Walter balançaram as redes e até tentaram encerrar o jejum de vitórias de seus clubes, mas Goiás e Criciúma não passaram de um empate por 1 a 1 no Serra Dourada, em Goiânia. Após primeiro tempo movimentado, repleto de boas oportunidades de gol e grandes defesas, a etapa final foi morna e fez prevalecer a igualdade no placar.
 
De mais notório na segunda metade do duelo, fica a reclamação do Goiás, que reivindica a marcação de pênalti em dois lances: um em cima de Renan Oliveira, e o outro em cruzamento de Walter cortado por Ricardinho com o braço aberto na área. O árbitro Cláudio Francisco Lima e Silva nada assinalou nas duas jogadas e mandou a partida prosseguir.
 
O resultado frustra os dois clubes em seus objetivos no Brasileirão, já que o Goiás, 13º colocado com 34 pontos, segue distante do G-4, assim como o Criciúma permanece na zona de rebaixamento, em 18º com 26. O time goiano completou três rodadas sem vencer, enquanto os catarinenses já não ganham há nove rodadas. O Alviverde volta a campo na quinta-feira e enfrenta a Portuguesa, às 19h30m, no Canindé. Antes, na quarta, o Tigre encara o Grêmio, também às 19h30m, na Arena.
 
 
CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE C 2013 (PRIMEIRA FASE - 17ª RODADA)
Baraúnas 0 x 1 Luverdense
Águia de Marabá 5 x 2 Treze
Sampaio Corrêa 2 x 1 CRB
Santa Cruz 2 x 0 Brasiliense
Cuiabá 1 x 1 Fortaleza
*Santa Cruz está classificado para as quartas de final.
 
CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D 2013 (QUARTAS DE FINAL E SEMIFINAL - JOGOS DE VOLTA)
Tupi-MG 3 x 2 Mixto
Botafogo-PB 2 x 0 Salgueiro
*Tupi-MG está classificado para a semifinal e garante o acesso à Série C.
*Botafogo-PB está classificado para a final da Série D.
 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Carro bate em capivara, capota várias vezes e duas pessoas morrem em MS

2
Aquidauana

Boletim da SES registra duas novas mortes por Covid-19 em Aquidauana

3
Policial

Jovem morre na Santa Casa após acidente na BR-262

4
Aquidauana

Amigos realizam corrente do bem para Jefferson Melo, o "Jeca"

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min24 max36

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min24 max36

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,83m
Miranda
1,38m
Paraguai
(-) 30

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Seus...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"O LÍDER"

Mariana Thomé

Home oyster: você sabe o que é?

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Escolas Municipais

Escola Municipal Indígena Pólo General Rondon

, Distrito de Taunay - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Pesqueiros

Pousada Cachoeira do Campo

Acesso a Camisão por terra, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3383-2972
Prestação de Serviços

AMR Fogões, Refrigeração e Equipamentos Industriais

Estevão Alves Corrêa, 1117 Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-6674 www.amrfogoesrefrigeracao.com.br
Ver Mais
Fale com a redação