24 de outubro de 2020
Anuncie Aqui
-->

Confira os resultados deste domingo nas Séries A, C e D do Brasileirão

Botafogo vence o Santos fora de casa e mantém perserguição ao Cruzeiro. São Paulo engata a segunda vitória seguida e deixa a zona de rebaixamento.

16 SET 2013 - 09h05min
Globoesporte.com
CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 (21ª RODADA)
 
Grêmio 0 x 1 Atlético-MG (*foto)
Ninguém sabe quem criou, mas todo mundo tem certeza de uma das máximas do futebol: quem não faz, leva. Foi assim que o Atlético-MG, comandado por Victor e não Ronaldinho Gaúcho, aproveitou a má pontaria do rival e estragou a festa de aniversário de 110 anos do Grêmio. Neste domingo, com gol de Fernandinho, venceu por 1 a 0, confirmou a recuperação no Brasileirão e complicou o sonho azul de ser campeão.
 
R10 já fora mais odiado. É claro que foi vaiado. Mas aquela repulsa de 2011 e 2012 ficou no passado. Os gremistas, parecendo prever o pior, vaiaram o goleiro antes do começo do jogo - ele trocara Porto Alegre por Belo Horizonte em 2012. Fez ao menos quatro grandes defesas e ajudou o seu time a chegar aos 28 pontos no décimo lugar - quatro pontos à frente da zona de rebaixamento. O time gaúcho parou nos 37, em terceiro, mas cinco pontos distante do Botafogo, o segundo, e nove do líder Cruzeiro - principal causa dos lamentos após o fim da partida disputada sob uma fortíssima chuva em Porto Alegre.
 
- Um empate já estaria de bom tamanho. Perdemos nos detalhes - lamenta Zé Roberto.
 
Costumeiramente vaiado, Ronaldinho mostrou frieza também fora de campo. Afirmou que não se importa com os apupos dos gremistas e preferiu valorizar o resultado longe de Minas:
 
- A Arena é dos estádios mais difíceis para jogar. São três pontos que chegam com muita alegria.
 
Quarta-feira, às 19h30m, o Tricolor recebe o Santos. No mesmo dia, mas às 21h50m, o Galo desafia o São Paulo fora de casa.
 
 
Vasco 0 x 2 São Paulo
Dez títulos nacionais, ídolos como Juninho Pernambucano e Rogério Ceni em campo e uma dramática luta contra o rebaixamento, em São Januário. Em um confronto de gigantes enfraquecidos e ameaçados, só o São Paulo vai poder respirar aliviado após a 21ª rodada. Esqueça o brilhantismo de clubes que até já decidiram o Brasileirão. No jogo deste domingo, pesou a eficiência dos times de Muricy Ramalho para o Tricolor vencer por 2 a 0 e trocar de posição com  o Vasco no grupo dos quatro piores do Brasileirão.
 
Nem Jadson, Ganso ou Luis Fabiano. O triunfo começou com um garoto de 20 anos que não tem a fama das estrelas, mas vem mostrando muita eficiência. Rodrigo Caio, curinga capaz de se adaptar a todas as posições da defesa, acertou uma cabeçada de atacante para marcar e causar inveja a um rival que completou três rodadas sem balançar a rede. No momento em que o Vasco mais pressionava no segundo tempo, o goleiro Diogo SIlva cometeu uma falha grotesca ao tentar socar a bola na área. Antônio Carlos recebeu o presente e fechou o placar.
 
A segunda vitória seguida do Tricolor desde a saída de Paulo Autuori e a chegada de Muricy deixa os clubes empatados com 24 pontos. O São Paulo sobe para o 16º lugar e sai da zona do rebaixamento depois de 12 rodadas. A diferença dos times está no saldo de gols: menos dois contra sete negativos. O Vasco cai para 17º e se transforma no novo integrante do grupo dos quatro piores.
 
Além do mau momento do ataque, o Gigante da Colina acumula uma série ruim de resultados que o deixa à beira da crise e do temor de voltar à Série B na próxima temporada. O time conquistou apenas uma vitória nos últimos oito jogos e vê a pressão sobre o técnico Dorival Júnior crescer.
 
Na próxima rodada, os dois times voltam a enfrentar equipes que estão na metade de baixo da tabela. O Vasco recebe o Vitória, quarta-feira, às 19h30m, em São Januário. O São Paulo encara o Atlético-MG, no mesmo dia, às 21h50m, no Morumbi.
 
 
Corinthians 1 x 2 Goiás
O Corinthians é um time organizado, sólido, com bons e milionários jogadores, apoio da torcida, estrutura et cetera. Mas falta alguma coisa em 2013. Falta fome. Faltou fome, de novo, no Pacaembu. E não pode faltar fome contra o Goiás de Walter. O atacante não custou R$ 40 milhões como Pato nem fez gol de título mundial como Guerrero, mas incomodou demais e participou das melhores jogadas de sua equipe, como no gol de Hugo. No fim, comemoração alviverde: 2 a 1. Ambos ainda mantêm esperanças de chegar ao G-4, mas é a equipe goiana que vem em melhor fase. Termina a rodada com 29 pontos, um a menos que o Timão ? quarto colocado, o Atlético-PR tem 35.
 
É verdade que o Timão criou muito mais. Perdeu gols num repertório invejável, mas não se pode dizer que a vitória do Goiás foi injusta. O time atuou com mais concentração e inteligência, de acordo com suas limitações. Zagueiros bem posicionados, marcadores dedicados e um ataque todo baseado na proteção de bola e nos bons passes de Walter.
 
E o Corinthians? Com Alexandre Pato, de R$ 40 milhões, Paolo Guerrero, autor de gol de título mundial, Romarinho e Sheik, que marcaram em finais de Libertadores... Só conseguiu um gol chorado, dado para Pato, mas com um toque valioso de Ramon. Que o ataque não funciona, já era sabido. É um dos piores do Campeonato Brasileiro. Mas dessa vez até a defesa, melhor da competição, falhou feio. Todos ficaram olhando Amaral subir após cobrança de escanteio, no fim do jogo, e definir a vitória.
 
Foi a primeira vez que o Timão sofreu dois gols na mesma partida neste Brasileiro. No meio da semana, as duas equipes vão atuar fora de casa. Na quarta-feira, às 21h50m (de Brasília), o Timão encara a Ponte Preta, desesperada na penúltima colocação do Campeonato Brasileiro, no estádio Moisés Lucarelli. O Goiás visita o Coritiba um pouco mais cedo, às 21h, no Couto Pereira.
 
 
Ponte Preta 1 x 1 Flamengo
O Flamengo esteve em vias de sofrer uma derrota que poderia abalar ainda mais seu campeonato neste domingo. O gol de André Santos aos 41 minutos do segundo tempo, em Campinas, impediu que a Ponte Preta vencesse a partida e aproximasse ainda mais os cariocas da zona de rebaixamento. O time de Mano Menezes buscou o empate em 1 a 1 com um jogador a menos - Samir foi expulso. O resultado foi péssimo para a Macaca, que já acumulava sete derrotas consecutivas.
 
Artur, em chute cruzado, abriu o placar para a Ponte. André Santos, que falhou na expulsão de Samir, empatou em uma inesperada reação rubro-negra. Com isso, Jorginho, técnico da Macaca, segue sem vencer no Brasileirão - nem pelo time campineiro, nem pela equipe carioca, que ele treinou no início do campeonato.
 
Com o empate, a Ponte Preta foi a 16 pontos, na 19ª colocação. O Flamengo, com 26, é o 13º. Na próxima rodada, a Macaca recebe o Corinthians na quarta-feira, e o Rubro-Negro pega o Atlético-PR no Maracanã, na quinta.
 
 
Criciúma 0 x 1 Internacional
O Internacional superou o cansaço de fazer o quarto jogo em nove dias e as poucas chances de gol do Criciúma para vencer por 1 a 0, no caldeirão do Heriberto Hülse, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. D?Alessandro foi novamente importante para o Colorado, achando espaço na defesa carvoeira para dar a Otávio a assinatura do gol da tarde deste domingo. O Inter segue na porta do G-4, em quinto, com 34 pontos, e o Tigre continua fora da zona de rebaixamento, mas com a corda no pescoço - tem a mesma pontuação do Vasco, o melhor do Z-4.
 
O confronto foi de pegada. O Internacional tinha mais posse de bola, por causa do maior número de jogadores no meio de campo, cinco a três pelos esquemas táticos. O Criciúma revidou pela lateral direita, com as descidas de Sueliton. Após jogada dele surgiu a única boa intervenção na etapa inicial, com Muriel abafando um desvio de cabeça. No segundo tempo, o Internacional marcou logo aos cinco minutos, com Otávio, e amordaçou os donos da casa na luta por encontrar a chance de empatar. Fez a alegria dos cerca de dois mil dos 13.982 torcedores no estádio.
 
Com a vantagem, o Internacional cozinhou o jogo para dar alívio ao então pressionado técnico Dunga, que agora vive a expectativa de entrar no G-4 na 22ª rodada. O time gaúcho vai a Salvador, onde enfrenta o Bahia, às 21h (de Brasília) de quinta-feira, na Fonte Nova. O Criciúma fica no Heriberto Hülse para receber o Fluminense, às 21h da próxima quarta.
 
 
Coritiba 2 x 2 Bahia
Coritiba e Bahia tinham um objetivo em comum na tarde deste domingo: frear a queda na classificação do Campeonato Brasileiro para voltar às primeiras posições. Porém, ninguém conseguiu. Isso porque Alex, aos 46 minutos do segundo tempo, deu uma bicicleta no canto, deixou tudo igual e estragou a tarde do Tricolor - que vencia por 2 a 0, com gols de Wallyson e William Barbio, mas levou o empate. O zagueiro Titi, contra, marcou o outro gol alviverde. Com o resultado, o Coritiba chega aos 29 pontos, no sétimo lugar. E o Bahia vai a 25, em 13°.
 
Os 13.284 presentes (11.693 pagantes, para uma renda de R$ 185.099,00) viram o Coritiba com difculdades para criar. Com oito desfalques ao todo (um suspenso e sete machucados), o time da casa sofria para chegar ao gol de Marcelo Lomba e, quando conseguia, errava o alvo. O Bahia, com uma formação cautelosa, foi preciso nos contra-ataques. O Tricolor apostava no trio formado por William Barbio, Wallyson e Obina. Eles foram decisivos para os dois gols do time visitante. Em desvantagem, mas desorganizado, o Coritiba partiu para a pressão. Conseguiu descontar com o gol contra de Titi. Quando a derrota parecia certa, Alex tirou mais um coelho da cartola - deu uma bicicleta e deixou tudo igual.
 
Na próxima rodada, o Coritiba joga contra o Goiás, às 21h (horário de Brasília) de quarta-feira, mais uma vez no Couto Pereira. Já o Bahia enfrenta o Internacional, às 21h de quinta-feira, na Fonte Nova.
 
 
Santos 1 x 2 Botafogo
O Botafogo, feito zagueiro dos mais chatos, não dá espaço ao Cruzeiro, bufa no pescoço do líder, não permite que ele fuja. Se a Raposa ganha, o Alvinegro ganha também. A perseguição do vice ao ponteiro do Brasileirão teve novo episódio neste domingo, na Vila Belmiro, com vitória de 2 a 1 sobre o Santos. Elias fez os gols gols do time carioca, e Cícero descontou para o Peixe. Foi a quarta rodada seguida em que Botafogo e Cruzeiro venceram juntos. Detalhe: eles se enfrentam na próxima quarta-feira, às 21h50m, no Mineirão.
 
O resultado referendeu a solidez do time carioca. O Santos não jogou mal. Mas os visitantes, certeiros, fizeram valer sua melhor montagem, sua construção mais edificada. O ótimo jogo na Vila Belmiro permitiu que a equipe comandada por Oswaldo de Oliveira subisse para 42 pontos ? quatro atrás do líder. O Santos, com 28, caiu para nono ? mas ainda tem um jogo a recuperar. Na próxima rodada, a equipe da Vila visita o Grêmio na Arena. O jogo é na quarta-feira, às 19h30m.
 
A derrota santista representou a quebra da invencibilidade de mais de um ano do Peixe em casa. O Botafogo não vencia no estádio desde 2001.
 
 
Vitória 2 x 1 Náutico
O Náutico jogava para encerrar um jejum de 10 partidas sem triunfos no Brasileirão. O Vitória buscava os primeiros três pontos sob o comando do técnico Ney Franco. E no duelo das ambições, melhor para a equipe rubro-negra. No Barradão, o time baiano bateu o Timbú de virada pelo placar de 2 a 1, em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro 2013. Hugo abriu o placar para os visitantes ainda no primeiro tempo. Dinei marcou os dois gols que selaram o triunfo do Vitória, que se afasta da briga contra o rebaixamento e volta a respirar na Série A.
 
Com o triunfo, o Vitória encerra a marca negativa de sete jogos consecutivos sem vencer pelo Brasileirão. O Rubro-Negro não conquistava um triunfo desde a 14ª rodada, quando bateu a Ponte Preta em casa pelo placar de 3 a 1. O time baiano ocupa a 11ª posição com 27 pontos, três a mais que o Vasco, primeiro time do Z-4.
 
Já o Náutico segue firme na via crúcis que parece sem volta com destino à Série B. Com 20 partidas disputadas - tem um jogo atrasado contra o Santos, o time pernambucano acumula nove pontos, 15 a menos que a primeira equipe fora da zona de rebaixamento. Lanterna, o Timbú não vence uma partida desde a 9ª rodada do Brasileirão.
 
O Vitória volta a campo na próxima quarta-feira, às 19h30m (horário de Brasília), quando encara o Vasco no São Januário. O Náutico, por sua vez, enfrenta a Portuguesa no Canindé, na quinta-feira, às 21h.
 
 
CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE C 2013 (PRIMEIRA FASE - 14ª RODADA)
Fortaleza 2 x 2 Brasiliense
CRB 0 x 1 Treze
Santa Cruz 3 x 2 Águia de Marabá
Cuabá 3 x 1 Baraúnas
Luverdense 2 x 2 Sampaio Corrêa
 
CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D 2013 (QUARTAS DE FINAL - JOGOS DE IDA)
Metropolitano 2 x 2 Juventude
Plácido de Castro 1 x 1 Salgueiro
 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Empresário atira após discussão com gerente de loja no centro de Aquidauana e acaba preso

2
Aquidauana

Ao lado da avó de 77 anos e amigas, Isabela comemorou aniversário em pesca noturna

3
Policial

Jovem volta para almoçar e descobre que casa foi arrombada e furtada

4
Policial

PRF prende em Anastácio trio que tentava chegar à fronteira com carro roubado

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min24 max33

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min24 max33

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,22m
Miranda
1,52m
Paraguai
(-) 31

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Cada...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"O SONHO DO LÍDER É AGITADO"

Rosildo Barcellos

Poluição como questão de saúde pública!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Auto Posto

Auto Posto WA I

Rua 07 de Setembro, 1195 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Pousadas

Pousada Baia das Pedras

, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3356 1500 / 998 www.baiadaspedras.com.br
Dentistas

Claudio C. T. França e Halessandra J. C. França

Rua Augusto Mascarenhas, 574 Centro - 79200000 Aquidauana/MS (67) 3241-1729 /8402
Ver Mais
Supermercado Siriema
Fale com a redação