20 de outubro de 2020
Anuncie Aqui
-->

CPI constata que equipamento de R$ 500 mil foi adquirido sem autorização no HC

Vários contratos foram realizados sem autorização do Conselho Curador do HC

2 AGO 2013 - 10h11min
redação
Vários contratos para aquisição de equipamentos, de medicamentos e de contratação de funcionários estavam sendo feitos sem a avaliação do Conselho Curador do Hospital do Câncer. A revelação é do diretor-presidente do Hospital do Câncer de Campo Grande, Carlos Alberto Moraes Coimbra, que foi ouvido hoje (1°) pela Comissão Parlamentar de Inquérito da Assembleia Legislativa.
 
Segundo Carlos Alberto Moraes Coimbra, um dos casos mais graves ocorreu em 2008, quando foi adquirido pela antiga gestão do Hospital do Câncer, na época de responsabilidade do médico Adalberto Siufi, um aparelho de braquiterapia no valor de R$ 500 mil sem a autorização do Conselho Curador. ?Houve a compra do equipamento e em seguida o pedido de licença a Adalberto Siufi para ceder o braquiterapia à clínica Neorad. Foi alegado que para o aparelho funcionar no Hospital do Câncer seria necessário a construção de uma sala no valor de R$ 100 mil?, explicou.
 
Conforme Carlos Alberto Moraes Coimbra, que na época presidia o Conselho Curador, ele aceitou o empréstimo do equipamento, desde que houvesse a aprovação do Ministério Público Estadual. ?O MPE deu parecer contrário ao empréstimo do braquiterapia. A orientação era de que fosse feito um convênio para a construção da sala para abrigar o equipamento no Hospital do Câncer?, destacou.
 
Além disso, Carlos Alberto Moraes Coimbra, falou que o médico Adalberto Siufi empregava amigos, familiares, sócios e prestadores de serviços no Hospital do Câncer. ?O Conselho Curador não tinha voz, pois vivia numa total submissão. Quem mandava no hospital era a diretoria executiva, presidida por Adalberto Siufi. Infelizmente não existia uma medida proibindo a contratação de familiares. Houve caso em que um médico que trabalhava no hospital e tinha um laboratório que prestava serviço na unidade?, comentou.
 
Carlos Alberto Moraes Coimbra disse que fez denúncias ao Ministério Público Estadual sobre as irregularidades e a partir desse momento promotores passaram a acompanhar as reuniões do Conselho Curador. ?As irregularidades começaram a ser resolvidas com a chegada do MPE. Muitos conselheiros perceberam o papel dos promotores e decidiram se afastar do hospital?, explicou.
 
 

Veja também

Mais Lidas

1
Charges

Triste

2
Anastácio

Foragido é preso pela PM dentro de casa abandonada em Anastácio

3
Aquidauana

Idoso é preso por dirigir embriagado no centro de Aquidauana

4
Policial

Após ter R$ 5 mil furtados, mulher volta a ser alvos de bandidos em menos de 1 mês

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max34

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min23 max34

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,22m
Miranda
1,52m
Paraguai
(-) 31

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Ainda...

Rosildo Barcellos

Poluição como questão de saúde pública!

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"O LÍDER"

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Farmácias e Drogarias

Drogaria Pantanal

Bichara Salamene, 1645 Bairro da Serraria - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2743
Escolas de Línguas

Escola Inglês e Espanhol - PBF

Rua 15 de Agosto, 114 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 4633
Médicos

Aldemir Fernandes Filho - Clinico Geral

Rua Manuel Antonio Paes de Barros, 606 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2630
Ver Mais
Fale com a redação