27 de outubro de 2021
Anuncie Aqui

Deputado de MS diz que entrou em briga no plenário para apartar

Clima esquentou durante sessão da Comissão de Ética desta quinta-feira. Veja o vídeo.

11 DEZ 2015 - 11h05min
Mídia Max
O clima na Câmara dos Deputados esquentou na manhã desta quinta-feira (10) durante sessão da Comissão de Ética para escolha do relator que deve cuidar do pedido de cassação do presidente da Casa de Leis, Eduardo Cunha (PMDB). Com os nervos à flor da pele, dois parlamentares discutiram e tiveram que ser segurados pelos colegas para não chegarem às vias de fato. O sul-mato-grossense Carlos Marun (PMDB) acompanhou a confusão de perto e chegou a intervir no entrevero algumas vezes. 
 
A briga envolveu os deputados Zé Geraldo (PT-PA) e Wellington Roberto (PR-PB) e foi motivada pelo questionamento de Paulo Azi (DEM-BA) sobre a real existência de requerimento para que o conselho pedisse o afastamento de Cunha da Presidência da Câmara, por acusações de que ele estaria usando o cargo para atrapalhar o andamento do processo contra ele.
 
Na avaliação de Marun, a parcialidade do presidente do conselho, José Carlos Araújo (PSD-BA), que não confirmou a existência do requerimento e criticou a postura dos deputados, tem sido o principal motivo de discórdia entre os deputados.
 
?Isso tem acirrado os ânimos e elevado a situação constrangedora de deputados quase chegarem às vias de fato. Me envolvi para apartar?, disse ao Jornal Midiamax.
 
O peemedebista completou dizendo que o presidente desrespeita a fila de chagada, desconsidera o regimento, reabre votação que já foi encerrada, ?tudo em função do seu desejo de ver previamente condenado o Cunha. Ele não possui mais isenção necessária para presidir este processo?, avaliou.
 
Caso - A discussão começou quando Roberto criticou a possibilidade do requerimento. "Isso é um golpe", disse. Zé Geraldo devolveu: "A turma do Cunha quer bagunçar aqui hoje. É tudo bagunceiro", afirmou. Depois das provocações os dois levantaram e a ameaça de embate físico começou.
 
O petista alegou que o colega de parlamento o tocou na intenção de agredi-lo. "Macho nenhum vai tocar em mim", repetia. Os presentes cercaram a dupla e tentaram apaziguar. A sessão chegou a ser suspensa, mas logo foi retomada. Veja o vídeo acima.

Central Pax_10
 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Atenção ciclistas: tem onça-parda rondando região da MS-450

2
Policial

Após perseguição, polícia prende ladrão de carnes

3
Geral

Novo concurso da Polícia Civil em MS tem salários a partir de R$ 4,5 mil

4
Miranda

Morre ex-prefeito de Miranda Ivan Paz Bossay

Informe Publicitário

Informe

Ao fazer o bem, Rede Atlântico garante doação à Pestalozzi

Previsão do Tempo

min20 max36

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min20 max36

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
2,01m
Paraguai
0,19m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Na...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

EIS QUE CHEGOU...

Gabriel Novis Neves

MANIA NOVA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Restaurantes

O CASARÃO

Manoel Antonio de Barros, 535 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2219
Imobiliárias

Piazer Corretor de Imóveis

Rua Estevão Alves Corrêa, 1326 alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2320
Advocacia

Dr. Jair dos Santos Pelicioni / Dr. Jonas Marinho Pelicioni

Rua Manoel Aureliano da Costa, 634 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-6226 / 812
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo