19 de junho de 2021
Anuncie Aqui
-->

Desmatamento triplicou em MT e PA, aponta ONG

30 ABR 2008 - 10h11min
uol

Segundo levantamento da organização não-governamental Imazon, o desmatamento voltou a crescer em Mato Grosso e no Pará nos três primeiros meses do ano, justamente quando o governo federal anunciou medidas para combater o desflorestamento na Amazônia.

Tricard Supermercado Atlântico_Sábado 02

Segundo os dados da instituição, nos dois Estados, recordistas da destruição, praticamente triplicou a área devastada no período, um movimento atípico para esta época do ano, quando a ação no campo é mais difícil por causa das chuvas na região.


A Polícia Federal deflagrou ontem, em 14 municípios de Mato Grosso, uma operação para combater a extração e o comércio ilegal de madeira. Dos 67 mandados de prisão expedidos pela Justiça Federal, 29 se referiam a servidores de órgãos públicos como a Sema (Secretaria Estadual do Meio Ambiente), a Dema (Delegacia Estadual do Meio Ambiente), o Indea (Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso) e a Polícia Rodoviária Federal. 


A área desmatada nos dois Estados passou de 77 km2, de janeiro a março de 2007, para 214 km2 no mesmo período deste ano, dos quais 149 km2 foram em Mato Grosso. O levantamento foi feito pela organização não-governamental usando imagens de satélites.


"É sintomático esse crescimento no primeiro trimestre porque, a partir das medidas tomadas pelo governo, o desmatamento deveria ceder e não subir", explica Adalberto Veríssimo, pesquisador do Imazon. Ele reconhece que os agentes da destruição florestal podem ter se antecipado ao efeito das medidas e cortado o quanto podiam no período, enquanto elas ainda não surtem o efeito.


Desde o início do ano, o governo federal anunciou uma série de ações para tentar conter o avanço do desmatamento na Amazônia Legal. Entre elas estão restrições ao crédito para proprietários rurais e a Operação Arco de Fogo, realizada pela Polícia Federal, Ibama e Força Nacional. Já foram alvo da operação municípios como Tailândia, Paragominas e Ulianópolis.


Taxas
No acumulado do calendário anual do desmatamento, que começa em agosto, as taxas crescem no Pará, enquanto em Mato Grosso caem. No primeiro, o desmatamento passa de 775 km2 para 1.362 km2. Já em Mato Grosso cai de 2.203 km2 para 1.853 km2. Tanto os dados do Imazon como os apresentados pelo sistema Deter, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), mostram que o desmatamento voltou a apresentar níveis alarmantes.


Dos 36 municípios listados pelo MMA como os campeões de desmatamento, 6 do Pará e 7 de Mato Grosso figuram entre os 20 que mais desmataram no acumulado desde agosto, segundo o Imazon. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

No Pantanal, onça monitorada é achada morta junto com outro felino e mais 17 animais

2
Geral

"Fiquei apavorada", diz empresária ao descobrir que homem ejaculou em carro

3
Geral

Motorista atropela cavalo em rodovia e uma pessoa é socorrida pelos bombeiros

4
Geral

Confira as oportunidades da Casa do Trabalhador de Aquidauana

Informe Publicitário

Informe

Carne Angus certificada é na Atlântico Supermercados

Previsão do Tempo

min14 max24

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min14 max24

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,20m
Miranda
3,39m
Paraguai
1,56m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Cada...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

PARTE XVI: AUTOESTIMA: FORTIFICÁ-LA!

Rosildo Barcellos

A Retomada de Corumbá

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Hospitais/Postos de Saúde

Posto de Saúde da Santa Terezinha - Centro de Saúde Dr. Cláudio Fernando Estela

R. Carlos Ferreira Bandeira, s/nº Stª Terezinha - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4027
Pesqueiros

Pousada Amarelinho

Acesso pelo Frigorífico, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2828/99186
Decorações

Tainha Decorações

Rua Duque de Caxias, 1937 Alto - 79200000 Aquidauana/MS (67) 3241-3197 / 324
Ver Mais
Supermercado Seriema - 19/06
2
Entre em nosso grupo