24 de janeiro de 2021
Anuncie Aqui
-->

Dicas para viver com saúde plena através de terapias naturais

29 DEZ 2007 - 10h07min
uol

A exposição freqüente e prolongada ao sol pode causar: eritemas (queimaduras solares e lesões bolhosas na pele); envelhecimento precoce; melasmas (manchas marrons que conferem à pele um aspecto envelhecido); dermopatias (doenças da pele); desidratação; câncer de pele, inclusive o melanoma (tumor maligno que mais freqüentemente acomete a pele e os olhos); doenças degenerativas; lesões, catarata e outros problemas oculares. Não se deve olhar diretamente para o sol, pois os olhos são sensíveis e suscetíveis à ação dos radicais livres e da radiação solar, que predispõem a lesões, doenças degenerativas e até cegueira.


Há situações em que os raios solares são benéficos?


A exposição ao sol deve acontecer fora do período do dia em que as radiações solares sejam mais intensas e prejudiciais (entre 10 e 16 horas). Não se deve deixar de usar filtro de proteção solar. O melhor horário para o banho de sol é do nascente até as 9h30 e após às 16h00. É importante reiterar que é indispensável o uso de um bom filtro de proteção solar (que deve ser adequado a cada tipo de pele) antes dessa exposição, que confira total fotoproteção contra os raios UV-A e UV-B. Quando moderada, no horário adequado e mediante o uso correto de filtro, a luz do sol aquece, confere uma sensação de bem-estar, ativa a circulação sangüínea e estimula a produção de vitamina D (a principal fonte dessa vitamina é produzida na pele mediante a exposição à luz do sol), que protege o organismo contra o raquitismo. Alguns alimentos também são boas fontes de vitamina D: óleo de fígado de bacalhau, fígado, gema de ovo, leite enriquecido, vegetais e leveduras.


Os jovens tendem a pensar que os danos causados pelo sol sejam mais freqüentes em pessoas mais velhas. Qual é a verdade disso?


Apesar das constantes campanhas educativas e preventivas contra o câncer de pele, muitos jovens e adultos ainda parecem não ter consciência dos perigos causados pela exposição freqüente e prolongada ao sol e dos efeitos acumulativos e danosos da radiação solar sobre a saúde. Tal exposição freqüente e prolongada, no período das 10 às 16 horas, é danosa à saúde de qualquer pessoa em qualquer idade.


Qual a incidência de doenças relacionadas aos raios solares em pessoas jovens?


No Brasil, o câncer de pele é o mais freqüente e corresponde a cerca de 25% de todos os tumores malignos diagnosticados. Dos casos de melanoma diagnosticados, 15% são de pacientes com menos de 26 anos de idade, segundo uma recente pesquisa realizada pela "Faculdade de Medicina da PUC" - Campinas - SP (Jornal da PUC - Campinas, 27 de novembro a 10 de dezembro/2006).



A exposição prolongada e excessiva durante os primeiros 10 até 20 anos de vida aumenta muito o risco de se contrair câncer de pele?


Em geral, as crianças e os jovens se expõem ao sol três vezes mais do que os adultos. Nesse sentido, a escola em muito pode contribuir na conscientização dos malefícios já referidos anteriormente. Os pais têm a responsabilidade maior de orientar desde cedo seus filhos sobre tais cuidados. Pois, como já foi dito, os efeitos danosos da exposição freqüente e prolongada ao sol, em horários não recomendáveis, são acumulativos.


Como pode ser feita a prevenção?


A utilização correta do filtro de proteção solar, de amplo espectro (FPS 30): aplicá-lo 30 minutos antes da exposição ao sol; reaplicá-lo após a natação, o suor, o secar-se com a toalha, a permanência por mais de duas horas ao sol. O uso de chapéu com aba e de óculos de sol com lentes antiultravioleta.


Em que momento se deve usar o protetor solar e qual é o ideal?


É necessário desenvolver-se a compreensão e o hábito saudável do uso diário e freqüente do fotoprotetor, cada vez que se expuser à luz solar. A luz artificial também provoca danos à pele e envelhecimento. O filtro com FPS 30 é o mais recomendado; deve-se escolher aquele de amplo espectro, que ofereça proteção total contra os raios UV-A e UVB, hipoalergênico, não comedogênico (não causador de cravos), à prova de água e suor (especialmente, para desportistas).


O que é o auto-exame de pele?


O auto-exame da pele deve ser realizado pelo menos uma vez a cada mês. É um método simples e de fácil aprendizado, desenvolvido para auxiliar as pessoas a detectarem precocemente o câncer de pele (inclusive o melanoma), dentre outras afecções cutâneas. Se o câncer de pele for diagnosticado precocemente e tratado enquanto o tumor ainda não invadiu profundamente as camadas da pele, ele tem grandes chances de ser combatido e curado. Durante o auto-exame, deve-se ficar atento aos seguintes sinais: manchas, pintas e verrugas que coçam, descamam e/ou sangram; sinais, pintas e verrugas que mudam de tamanho, forma e cor; e feridas que não cicatrizam num intervalo de quatro semanas.


Como realizar o auto-exame?


(1). De frente para um espelho que permita a visualização do corpo todo; examinar frente, lado e costas.


(2). Flexionar os cotovelos e observar as axilas, os braços, os antebraços e as mãos.


(3). Examinar os membros inferiores (coxas e pernas) de frente, de trás e dos lados, inclusive as genitálias.


(4). Sentar-se numa cadeira, examinar as plantas dos pés e entre os dedos.


(5). Com o auxílio de um espelho de mão e de um pente, examinar o pescoço, as orelhas e o couro cabeludo.


(6). Com auxílio de um espelho, examinar também as costas e as nádegas. Encontrando qualquer suspeita significativa, procurar imediatamente ajuda terapêutica dermatológica. Os espelhos de aumento podem ser úteis no auto-exame.


De que forma a Naturopatia pode auxiliar na prevenção e no combate das afecções da pele?


A Naturopatia trata a saúde num todo, de forma holística e natural. Se uma pessoa cultiva diariamente hábitos saudáveis (alimentares e etc.), serenidade e virtudes (valores), a saúde, a beleza e a harmonia refletirão na pele e em todo o organismo. Traduz-se a ciência Naturopatia como sendo a prevenção e o combate às doenças e a manutenção da saúde por meio de recursos naturais e tecnológicos eficazes, atóxicos e não agressivos. Também abrange a terapêutica de prevenção do envelhecimento e tratamentos estéticos. Para cuidar da beleza da pele e combater as afecções que a acometem, a naturopatia emprega: desintoxicação orgânica, remédios botânicos (fitomedicina), suplementação nutricional (fibras, vitaminas, minerais, antioxidantes, enzimas, aminoácidos etc.), loções, cremes, procedimentos ou tratamentos estéticos da pele, eletroterapia, massagens, Acupuntura Tradicional Chinesa, Yoga e meditação.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Motociclista morre ao ser atingido por caminhão

2
Policial

Professor acusado de estupro irá depor pela 1° vez na segunda

3
Aquidauana

Morre em Aquidauana o bombeiro aposentado, conhecido como Pastor Guto

4
Aquidauana

Salão Paroquial está preparado para abrigar famílias ribeirinhas

Vídeos

Após chuvas, árvore cai em cima do telhado de residência em Corumbá

Com período chuvoso intenso, rio Aquidauana sobe e chega a 5 metros

Após acidente de trânsito envolvendo carro e moto, vítima é levada para pronto socorro

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min22 max31

Aquidauana

Sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min22 max31

Anastácio

Sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
7,84m
Miranda
4,05m
Paraguai
0,94cm

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Preciso...

Raquel Anderson

Dialeto caipira, uma maravilha!

Mariana Thomé

Corrupção: o mal que deve ser inibido e que impede o ...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Restaurantes

Restaurante e Chopperia Moderna

Rua Augusto Mascarenhas, 573 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 8100
Advocacia

Dr. Jair dos Santos Pelicioni / Dr. Jonas Marinho Pelicioni

Rua Manoel Aureliano da Costa, 634 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-6226 / 812
Médicos

Erica A. C. de Souza - Cardiologista

Rua Manuel Antonio Paes de Barro, 844 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-8816
Ver Mais
Fale com a redação