28 de setembro de 2021
Anuncie Aqui

Dívida de R$ 400 mil levou a Zoomp à falência

14 FEV 2009 - 11h15min
agência estado

Um dos maiores ícones da moda brasileira, a Zoomp foi à falência por causa de uma dívida de cerca de R$ 400 mil. Na última segunda-feira (dia 9), a Justiça de São Paulo decretou a quebra da grife, após julgar procedente o pedido feito pela Allen Comércio e Produtos de Informática, antiga fornecedora da companhia. "A Zoomp chegou a fazer acordo em juízo com a empresa, mas a decisão da Justiça foi mais rápida. Talvez não se tenha dado o carinho merecido ao acordo", lamenta Carlos Valmer, diretor estatutário e representante do fundo Global Capital na Zoomp. "Vamos tentar reverter a decisão. Sabemos que é difícil, mas não impossível." O débito que levou a Zoomp ao desfecho dramático surpreende porque a grife tinha problemas muito mais graves. Em dificuldade financeira há alguns anos, a companhia acumula dívida superior a R$ 60 milhões, boa parte com o Global Capital, que entrou na Zoomp em abril de 2007 para tentar recuperar a operação. Só com fornecedores, a dívida chega a R$ 12 milhões.

Central Pax_10

Em 2006, quando foi vendida para os investidores Enzo Monzani e Conrado Will, da holding I'M, ela já estava extremamente endividada. Nos últimos dias, o fundo negociava com um grupo ligado à moda um novo aporte de capital para manter de pé a companhia, mas a decretação da falência jogou essa alternativa por terra.


"Se a gente conseguisse fechar a negociação, pagaríamos todos os fornecedores à vista. Mas o grupo decidiu suspender as conversas", diz Valmer. Na opinião de advogados, dificilmente a empresa conseguirá reverter a situação. Segundo o especialista em falências Thomas Felsberg, a Zoomp teve um prazo de dez dias, após ser citada da ação, para renegociar o débito ou pedir a recuperação judicial.


Como a empresa não reagiu no prazo, a falência foi decretada. Para recorrer, a Zoomp terá de provar no Tribunal de Justiça a existência de algum defeito no processo ou que a decisão não teve fundamento - ou seja, que a dívida não existe ou já havia sido paga. "Ela teria de ter negociado com os credores após a citação."

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Vítima de um câncer, morre professora aquidauanense Nara Ortencia

2
Policial

Homem perde a vida ao atravessar Rio Miranda a nado

3
Aquidauana

Princípio de incêndio interdita Ponte Velha em Aquidauana

4
Policial

Policiais civis deflagram segunda fase da operação e prendem mais um envolvido

Informe Publicitário

Informe

Restaurante Pira passa por reforma e já volta no dia 1º

Previsão do Tempo

min24 max37

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min24 max37

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
2,01m
Paraguai
0,19m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Mais...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

AI de ti, AQUIDAUANA!

Gabriel Novis Neves

MANIA NOVA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Auto Posto

POSTO JC

Estevão Alves Correa, 901 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3426
Médicos

Roberto Trindade - Ginecologista

Rua Duque de Caxias, 657 Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3727
Pesqueiros

Rancho do Pedrialli - Piraputanga

, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3257-1007 www.ranchopedrialli.com.br
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo