X

É possível baixar casos de Aids com uso em massa de antirretroviral, diz médico

Tese foi apresentada pelo epidemiologista sul-africano Brian Williams. Associação Americana para o Avanço da Ciência faz reunião em San Diego.

Cientistas acreditam que poderiam combater rapidamente o vírus da Aids, infecção que mata dois milhões de pessoas anualmente, por meio de tratamentos com antirretrovirais. "Penso que se utilizarmos os antirretrovirais eficientemente é possível conter o contágio em cinco anos", delcarou o doutor Brian Williams, um epidemiologista sul-africano que coordenou o estudo.

"Os antirretrovirais no mercado são muito eficazes e produzem poucos efeitos colaterais, mas o problema é que os utilizamos apenas para salvar a vida das pessoas infectadas e não para frear a pandemia", explicou Williams no congresso anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência (AAAS) em San Diego (Califórnia).

Tomados de maneira regular, os antirretrovirais permitem reduzir a concentração do vírus HIV no sangue para 1/10 mil do valor inicial. A forte redução da carga viral faz o potencial de contágio de cada pessoa cair para 1/20, o que é suficiente para conter a transmissão do vírus, explica o cientista.

Dessa forma, seria possível reduzir a mortalidade em quase 95% até 2015, o que resultaria em uma prevalência quase nula até 2050, ainda segundo Williams.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Operação desarticula rede de venda ilegal de produtos impróprios em Itaporã

Na ação, denominada Operação Honey & Meat, três comerciantes foram presos

Saúde

Ministério da Saúde inicia plano para vacinar 130 mil indígenas

Ao longo do Mês de Vacinação dos Povos Indígenas, serão ofertadas 240 mil doses. Ação começa neste sábado (13), em Oiapoque (AP), com a presença da ministra Nísia Trindade

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo