08 de maio de 2021
Anuncie Aqui
-->
Socorro

Em carta aberta a Bolsonaro, empresários do turismo do MS pedem ajuda para recuperação financeira

Entre os pedidos está a permissão do pesque e solte no período da piracema

7 ABR 2020 - 07h00min
Kamila Alcântara

Associações ligadas ao turimos enviaram uma carta ao presidente da república Jair Bolsonaro solicitando ações que ajudariam o setor a se recuperar após o período de pandemia por COVID-19. A carta foi enviada na última semana de março e assinada por presidentes de associações ligadas diretamente a prestação de serviços turísticos. 

Conforme o texto, o turismo é claramente o setor mais impactado por essa crise, pois precisou paralisar completamente suas atividades e não há perspectiva de retorno à normalidade. O turismo é responsável por empregar milhares de pessoas, sendo uma das principais engrenagens da economia do Mato Grosso do Sul.

O Estado, ainda conforme a carta, segundo o Ministério do Turismo em 2019 o setor faturou R$ 238,6 bilhões, gerando emprego e renda para aproximadamente três milhões de trabalhadores, mas que hoje estão com todas as atividades canceladas desde o início do mês de março. O cenário é de hotéis, pousadas, restaurantes, barcos hotéis, passeios e balneários fechados.



“O setor de serviços é muito alavancado pelo turismo, em especial, pelo chamado turismo ecológico promovido no Pantanal e na cidade de Bonito. É interessante destacarmos que este setor da economia é responsável por 69,87% dos empregos gerados no Estado. Para fins de comparação, a indústria emprega 19,40% e a agropecuária, apenas 10,74% do total da mão de obra”, citam os empresários no documento.

Diante de todas as incertezas causadas por esse momento de crise financeira e de saúde pública, o material faz solicitações que podem ajudar na recuperação do setor. Entre as medidas está a suspenção de parcelas vencidas e renegociação de contratos junto aos bancos públicos por 180 dias.
Solicitam a liberação do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) para empresas jurídicas do setor de turismo, com aval do governo com prazo de 12 anos, sendo dois anos de carência, e valor mínimo de R$ 250 mil por empresa.

Além das econômicas, solicitam ainda a substituição da piracema por um período de pesque e solte para fortalecer o turismo de pesca na região. Para eles, com essa suspenção, pacotes de viagens podem ser remarcados para ainda esse ano, não sendo cancelados completamente.

É importante lembrar que na última semana, o Governo Federal anunciou que destinará cerca de R$ 51 bilhões para empresas e tentar evitar demissões de funcionários durante a crise causada pela pandemia. O Governo do Estado também prometeu ações para minimizar os impactos da paralisação do setor.

Veja as associações que assinaram o documento:

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Delegado de Polícia Civil da Capital morre vítima de um acidente de carro na BR-060

2
Economia

INSS libera antecipação do 13º salário para aposentados e pensionistas 

3
Geral

Confira as oportunidades da Casa do Trabalhador de Aquidauana

4
Aquidauana

Com chegada de carreta, coordenadora prevê realizar mais de 600 exames em Aquidauana e Anastácio

Informe Publicitário

Informe

Com 30 anos no mercado, Atlântico Super Center inaugura filial em Aquidauana

Previsão do Tempo

min14 max26

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min14 max26

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,06m
Miranda
2,19m
Paraguai
1,72m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Em...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

5 De Maio Dia Internacional Da Língua Portuguesa

Rosildo Barcellos

Indizíveis Vicissitudes

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Hotéis

Hotel Bela Vista

Rua Manoel Aureliano da Costa, 678 Aquidauana/MS (67) 3241-8493 (67) 99653-8207 http://www.hotelbelavistams.com.br
Médicos

Irineu Barreto Vitório - Clinico Geral

Rua 7 de Setembro, 1193 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3665
Pesqueiros

Pousada Amarelinho

Acesso pelo Frigorífico, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2828/99186
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo