18 de outubro de 2021
Anuncie Aqui

Encenação da Retirada da Laguna em Nioaque atrai cerca de 2 mil pessoas

26 SET 2016 - 20h00min
Governo do MS
Aproximadamente duas mil pessoas acompanharam a encenação dos fatos históricos ocorridos na época da Retirada da Laguna, em Nioaque, na Praça dos Heróis, na última sexta-feira, 23 de setembro. O evento contou com o apoio da Sectei e Fundação de Cultura, com realização e produção do Exército Brasileiro e comunidade local, e fez parte do ?Projeto 150 anos da Retirada da Laguna?.
 
A programação iniciou com apresentação da Banda de Música do Comando Militar do Oeste, seguida da encenação. A Feira de Artesanato e apresentações culturais aconteceram às 19 horas, sempre na Praça dos Heróis. Esta foi a 12ª vez que a encenação foi realizada.
 
A encenação teve como um dos diretores e preparador corporal o gestor da Sectei Fábio Germano, que é diretor teatral. Ele ficou duas semanas no município realizando workshops e ensaios para o evento. Participaram 70 soldados do 9º Grupo de Artilharia de Campanha e 60 pessoas da comunidade. ?São voluntários que se reúnem uma vez por ano para encenar a história que se passou em Nioaque?, explica Fábio.
 
As tropas brasileiras partiram do Rio de Janeiro. Saíram três mil pessoas e chegaram apenas 1.830, pois muitos morreram de doenças ao longo do caminho. Ao chegar em Nioaque, arregimentaram os civis e indígenas das etnias Terena e Guaicuru para a batalha. José Francisco Lopes, o Guia Lopes, conduziu o exército brasileiro até a Estância Laguna, no Paraguai, pertencente a Solano Lopes, mas ao chegar lá bateram em retirada, pois o exército brasileiro não tinha condições de batalha.
 
Voltaram para Nioaque, mas os paraguaios foram na frente e chegaram primeiro. Quando os brasileiros ali chegaram foram se alojar na Igreja, ocasião de que os paraguaios se aproveitaram, preparando uma armadilha com explosivos. Muitos morreram na explosão. A encenação termina com uma homenagem aos combatentes mortos.
 
Fábio declara que a encenação tem importância pelo fator histórico. ?O teatro exige disciplina e o exército tem isso. Foi um espetáculo inclusivo. Participou o professor, o médico, alunos, pedreiros, militares, foi um fio condutor para unir as diferenças. A encenação proporciona à comunidade, além do fazer artístico, a oportunidade de reforçar a identidade local. A arte tem esse poder de transformar?, finaliza.
 
Na cidade de Nioaque o evento contou com o apoio Secretaria de Estado de Cultura, Turismo Empreendedorismo e Inovação, do Sindicato Rural de Nioaque, FHE-Poupex, Prefeitura Municipal e Grupo Feitosa de Comunicação.

Delivery Amorim_11
 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Familiares informam velório de Joséfa Maria

2
Policial

Após temporal, idoso escorrega de telhado e morre

3
Policial

Homens são presos com pintados fora da medida em camionete

4
Policial

Homem é preso ao tentar fugir de bar sem pagar a conta

Informe Publicitário

Informe

Drogaria Aquidauana: há 8 anos protegendo sua família

Previsão do Tempo

min17 max28

Aquidauana

Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.
min17 max28

Anastácio

Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
2,01m
Paraguai
0,19m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Aliás...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

AI de ti, AQUIDAUANA!

Gabriel Novis Neves

MANIA NOVA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Moto Táxi

Moto Táxi Central

Rua Teodoro Rondon, 715 Centro - Ponto de referência: frente ao Mercado Ce - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2075
Médicos

Ângela Maria L. Spada - Pediatra

Rua Manoel A. da Costa, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3438
Escolas Estaduais

Escola Estadual Marechal Deodoro da Fonseca

, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 4012
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo