X

Estudo associa consumo excessivo de sal ao risco de derrame

Um estudo recentemente publicado no British Medical Journal associa o consumo excessivo de sal a um aumento significativo no risco de derrames e doença cardiovascular. Segundo os especialistas italianos e britânicos que conduziram o estudo, a relação entre o sal e a pressão alta já é bem estabelecida.


Porém a análise dos resultados de 13 estudos publicados - incluindo 17 mil pessoas - indicou que a ingestão de sal pode ter um efeito direto no risco de derrames e doença cardiovascular - uma diferença de 5g por dia na ingestão habitual de sal estaria associada a uma diferença de 25% na taxa de derrame e de 17% na taxa de doença cardiovascular total.


Baseados nos resultados, os autores estimam que uma redução de 5g - o equivalente a uma colher de chá - na ingestão de sal em nível populacional poderia evitar 1,25 milhões de mortes por derrame, e quase três milhões de mortes por doença cardiovascular a cada ano. Porém, segundo os especialistas, devido à imprecisão na medida da ingestão de sal, esses efeitos podem estar subestimados.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Mudanças climáticas afetam saúde de 70% dos trabalhadores no mundo

Os dados constam de relatório da OIT divulgado nesta segunda-feira

Policial

4ª fase da Operação Mute iniciou hoje

O foco é a implementação do telamento nos pavilhões das unidade prisionais

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo