24 de julho de 2021
Anuncie Aqui
Contaminação

“Eu não queria ser o primeiro infectado” diz morador de Anastácio diagnosticado com Covid-19

Mensagens de alarde estão sendo compartilhadas, inclusive com inverdades sobre ele e famíliares

26 MAI 2020 - 09h45min
Kamila Alcântara e Rhobson Lima

E o Coronavírus chegou em nossa região, com o primeiro caso positivo nesta segunda-feira (25). Junto com a confirmação vieram as mensagens de alarde nos grupos de conversas, em que até informações inverídicas sobre o paciente e sua família foram compartilhadas pelos áudios e comentários. 

View Energy Solar_02

O Jornal O Pantaneiro conversou com Ivan, de 28 anos, que contou como foi o processo de suspeita de ter sido contaminado em Curitiba, onde estava em busca de um trabalho desde abril juntamente com o irmão. É valido lembrar que naquela época, o Paraná ainda estava conseguindo controlar o contágio da doença.

“Eu morava com o meu primo lá e ele se infectou mesmo tomando todos os cuidados. Também me infectei, mesmo usando máscara e passando álcool na mão”, conta. O primo de Ivan apresentou sintomas, mas por não necessitar de respiradores ficou em casa, cumpriu a quarentena e já está recuperado.

Com toda a situação de isolamento, o jovem decidiu voltar para casa, mas não conseguiu fazer o teste antes de chegar a Anastácio. “Parei em Campo Grande, busquei informações no Corpo de Bombeiros, mas lá eles não estão fazendo teste em quem está assintomático. Até então eu não sabia se estava contaminado, queria fazer o teste por medo”, explica.

Alguém da cidade avisou a Vigilância Sanitária que o pai do Ivan estava retornando com os irmãos de outro Estado. A Família chegou na sexta-feira (22), em uma noite de chuva e que não havia barreira sanitária. Pai e filhos estão sem sair de casa desde que chegaram e a mãe está morando temporariamente na casa de outra filha, por ser do grupo de risco.

Dos três, apenas Ivan deu positivo para Covid-19. Com isso, eles estão tentando fazer o distanciamento morando na mesma casa. Objetos como copo, prato, talheres e roupas são separados, já que a contaminação pode ter sido pelo compartilhamento de utensílios.

“Eu não saí na rua, não passei em lugar nenhum da cidade! Eu entendo o sentimento de revolta, mas ninguém quer ser transmissor ou causar mal a ninguém. Peço perdão, pois eu não fui lá [Curitiba] para pegar vírus, eu fui para buscar uma vida melhor em uma área de trabalho promissora”, cita Ivan sobre as mensagens que estão enviando sobre ele.

“Eu queria pedir para a população ficar tranquila, pois eu não vou transmitir esse vírus para mais ninguém. Estamos tomando todos os cuidados. Eu entendo o sentimento deles, é o primeiro caso na cidade. Eu não queria ser o primeiro caso”, conclui o rapaz.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Coordenadora de compras é vítima de acidente fatal no bairro Guanandy em Aquidauana

2
Aquidauana

Morta em acidente de moto, enterro de coordenadora de compras será em Miranda

3
Geral

Corpo de Analrelino Ricaldes, o "Dinho", foi encontrado 

4
Aquidauana

Dona Izaura é a mulher inquieta que revela como chegar aos 90 "numa boa"

Informe Publicitário

Informe

Concorra R$ 5 mil em prêmios no Atlântico Supermercados!

Previsão do Tempo

min18 max35

Aquidauana

Sol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.
min18 max35

Anastácio

Sol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,94m
Miranda
1,77m
Paraguai
1,17m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Após...

Rosildo Barcellos

Aruanã Etô – É o lugar das máscaras !

Gabriel Novis Neves

A GRATIDÃO TAMBÉM É VIRTUDE ETERNA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Auto Escolas

Auto Escola Ativa

Rua Theodoro Rondon, 595 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-8282
Escolas Particulares

Escola Irene Cicalise

Rua Cândido Mariano, 374 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3390
Médicos

Flávio Pereira - Ginecologista

Rua 7 de Setembro, 1193 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241- 3665
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo