X

Maníaco ameaçou matar Michael Jackson e fãs em concerto


Um homem ameaçou matar Michael Jackson e centenas de fãs, caso não recebesse metade da fortuna do astro pop, segundo um documento do FBI. Frank Paul Jones, que era obcecado pela irmã de Jacko, Janet, enviou várias cartas ameaçadoras a órgãos públicos americanos como o FBI, a CIA e ao próprio Michael.


Em uma delas, ele escreveu:


"Metade do patrimônio de Michael é meu, se não pagar, vou atrás dele."


"Vou cometer uma chacina em um concerto de Michael se necessário, tentando matá-lo, então vocês terão que lidar com meu problema diante do público."


Quando não houve resposta a suas ameaças, Jones ameaçou matar o então presidente, George Bush (pai).


"Como ninguém está me levando a sério, vou até Washington matar o presidente dos Estados Unidos."


Jones foi detido do lado de fora da Casa Branca e posteriormente mantido sob custódia.


Outro documento do FBI revelado ontem, mostra que Jackson foi investigado por agentes do órgão depois que o jornal The Sun revelou que o cantor havia dado um telefonema obsceno para um estudante britânico.


O menino, com 13 anos na época, revelou que o astro pop lhe disse que estava se acariciando enquanto falava com ele.


Os documentos mostram que os agentes também viajaram para as Filipinas para entrevistar dois ex-funcionários do rancho Neverland.


Eles teriam testemunhado Jackson, que morreu aos 50 anos em junho último, molestando meninos no rancho.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Mudanças climáticas afetam saúde de 70% dos trabalhadores no mundo

Os dados constam de relatório da OIT divulgado nesta segunda-feira

Policial

4ª fase da Operação Mute iniciou hoje

O foco é a implementação do telamento nos pavilhões das unidade prisionais

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo