X

Maus hábitos são responsáveis por 60% dos distúrbios do sono; afirmam especialistas

Exercícios físicos também não são recomendados no período noturno.

Neurologistas do Hospital das Clínicas, da Faculdade de Medicina da USP, alertam: 60% das causas de insônia da população são atribuídas a maus hábitos e 40% a ansiedade e depressão.

Exercícios físicos também não são recomendados no período noturno. A adrenalina liberada pelo organismo deixa o cérebro em sinal de alerta e prejudica o sono.

A insônia nada mais é do que a dificuldade que a pessoa sente de começar a dormir e manter o sono. Ela pode ser classificada em transitória, durar de três dias a uma semana, ou crônica, persistir por mais de 30 dias.

Segundo o neurologista Rubens Reimão, responsável pelo Grupo do Sono da Divisão de Neurologia do HC, as causas devem ser diagnosticadas e tratadas para quebrar o círculo vicioso: "A pessoa que não dorme apresenta cansaço e ansiedade durante o dia, fatores que irão comprometer o sono à noite".

Maus hábitos exigem mudanças de postura do paciente, afirma o médico. Já a ansiedade e depressão são tratadas com medicamentos específicos para melhorar a qualidade de vida do paciente.

Outro alerta diz respeito aos remédios para dormir. Alguns tipos de medicamentos criam dependência. Por esse motivo, é importante que a pessoa procure ajuda médica.

Crianças

As crianças não estão livres do distúrbio. A insônia do lactente aparece a partir de seis meses de idade. Na grande maioria dos casos, o comportamento inadequado dos pais é o principal responsável.

A orientação é não pegar a criança no colo toda vez que ela chora à noite. "Tirá-la da cama, andar pela casa e acender as luzes também poderão atrapalhar o sono", explica.

Insônia persistente em crianças, com mais de oito anos de idade, exige atenção redobrada dos pais, pois pode estar relacionada a fatores emocionais. Nesse caso, é imprescindível uma avaliação médica para que a criança vença o "desafio de dormir", enfatiza.

SERVIÇO: O agendamento de consultas para o Grupo do Sono da Clínica de Neurologia do Hospital das Clínicas é feito por um dos Ambulatórios de Especialidades da Secretaria de Estado da Saúde.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Policial

PRF lança operação nacional para reforçar segurança nas rodovias

Diretor do órgão quer autorização para contratar aprovados em concurso

Saúde

Casos de dengue em gestantes aumentam 345% em 2024

Aumento representa um quadro preocupante de saúde pública

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo