X

Mulheres podem ganhar medicamento para tratar falta de desejo sexual

Um novo tratamento pode ajudar mulheres com Transtorno do Desejo Sexual Hipoativo (TDSH), que se caracteriza pela diminuição do desejo sexual associada à dificuldade de relacionamento. Estudos da fase III, apresentados em Lyon, na França, durante o 12º Congresso da Sociedade Europeia de Medicina Sexual, mostraram que flibanserin aumenta o número de eventos sexuais satisfatórios e também o desejo sexual de mulheres na pré-menopausa. O novo tratamento não é hormonal e age no sistema nervoso central. As pesquisas com flibanserin foram realizadas com 5 mil mulheres.


"Para administração de um tratamento como este que está sendo estudado, será necessário diagnóstico preciso por parte de profissional médico, que confirmará o TDSH e excluirá qualquer outro problema prévio, como baixa autoestima, conflitos no relacionamento com o parceiro, uso de medicamentos ou presença de doenças que afetem o desejo sexual, dentre outras situações que podem inibir o interesse pelo sexo secundariamente", diz a médica Carmita Abdo, psiquiatra e coordenadora do Programa de Estudos emSexualidade do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (ProSex).


A diretora da Unidade de Endocrinologia Ginecológica e Menopausa da Fundação Maugeri, da Universidade de Pavia, na Itália, Rossella Nappi, afirma que o TDSH é uma forma comum de disfunção sexual feminina e que não há atualmente aprovação de tratamento para mulheres com tal transtorno. Nappi é investigadora primária do estudo europeu.


"Flibanserin é um novo composto não-hormonal investigado como tratamento de mulheres na pré-menopausa com TDSH. Com base nos resultados dos estudos clínicos apresentados no congresso da ESSM (European Society for Sexual Medicine), o produto tem potencial para ajudar muitas mulheres que sofrem por falta de desejo sexual", diz.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Policial

PRF lança operação nacional para reforçar segurança nas rodovias

Diretor do órgão quer autorização para contratar aprovados em concurso

Saúde

Casos de dengue em gestantes aumentam 345% em 2024

Aumento representa um quadro preocupante de saúde pública

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo