20 de setembro de 2020
Anuncie Aqui
-->

OMS alerta que erros com remédios são mais freqüentes no caso de crianças

21 SET 2007 - 14h02min
uol

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou nesta sexta-feira que os erros na prescrição e administração de remédios são três vezes mais freqüentes nas crianças do que nos adultos, devido à falta de estudos clínicos, segundo o relatório "Promovendo remédios seguros para as crianças".


Grande parte dos efeitos colaterais nos adultos é devido ao uso irracional ou aos erros humanos na ingestão de remédios. No entanto, nas crianças se devem principalmente à falta de estudos clínicos, disse a porta-voz da OMS, Fadela Chaib, em entrevista coletiva. "Precisamos saber mais sobre como reage o corpo das crianças aos remédios para melhorar sua saúde. Por isso, é extremamente importante continuar estudando os potenciais efeitos colaterais nas crianças", disse Howard Zucker, adjunto do diretor-geral da OMS para remédios e tecnologia.


Embora alguns remédios apresentem indicações para o uso infantil, são poucos os remédios desenvolvidos, produzidos e comercializados especificamente para as crianças. Por isso, freqüentemente os pequenos têm que tomar medicamentos que só foram testados em adultos e que não contam com a aprovação oficial para o uso pediátrico.


A falta de fórmulas pediátricas adequadas leva os médicos a receitar a ingestão de frações de comprimidos dissolvidos ou triturados, sem nenhuma indicação específica sobre a dose adequada, o que pode causar erros.


Além disso, Chaib lamentou que não foram provados os benefícios e os riscos de sua ingestão a longo prazo, como é o caso dos anti-retrovirais.


Nesse sentido, disse que mais de 30% das crianças infectadas com o HIV e que passam por tratamentos com anti-retrovirais têm efeitos colaterais, que poderiam desaparecer modificando a dose ou mudando de remédio.


Chaib ressaltou também a importância do formato dos remédios, já que as crianças pequenas também podem se engasgar e, inclusive, se asfixiar quando tentam engolir comprimidos excessivamente grandes para seu tamanho.


Como exemplo, a porta-voz da OMS lembrou que isso foi o que aconteceu na Etiópia no começo do ano, quando quatro crianças com menos de três anos morreram asfixiados ao se engasgar com comprimidos.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

"Nem eu acreditava que ia sobreviver" diz motociclista que teve braço amputado na MS-450

2
Aquidauana

Além de fresquinhas, verduras são entregues aos clientes em folhas de bananeiras

3
Policial

Mulher bate em bandidos durante assalto na Capital

4
Política

Mulher é multada por atear fogo em lixo de terreno

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min21 max28

Aquidauana

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
min21 max28

Anastácio

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
1,83m
Paraguai
1,01m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Digo...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"PEÇO HUMILDEMENTE PARA EXISTIR..."

Rosildo Barcellos

A poesia é a concretude de Deus

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Associações e Sindicatos

Delegacia Sindical dos Artesões de Aquidauana Associação

Praça dos Estudantes, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 9601-2585
Pousadas

Pousada Mangabal - Nhecolândia

, - Aquidauana/MS (55) (67) 3356-1413 www.pousadamangabal.com.br
Hospitais/Postos de Saúde

Hospital da Cidade - Associação Aquidauanense de Assistência Hospitalar

R. Manoel Antonio Paes de Barros, 1424 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3636
Ver Mais
Fale com a redação