04 de março de 2021
Anuncie Aqui
-->

OMS alerta que erros com remédios são mais freqüentes no caso de crianças

24 SET 2007 - 09h16min
uol

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou nesta sexta-feira que os erros na prescrição e administração de remédios são três vezes mais freqüentes nas crianças do que nos adultos, devido à falta de estudos clínicos, segundo o relatório "Promovendo remédios seguros para as crianças".


Grande parte dos efeitos colaterais nos adultos é devido ao uso irracional ou aos erros humanos na ingestão de remédios. Nas crianças, deve-se principalmente à falta de estudos clínicos, disse a porta-voz da OMS, Fadela Chaib, em entrevista coletiva. "Precisamos saber mais sobre como reage o corpo das crianças aos remédios para melhorar sua saúde. Por isso, é extremamente importante continuar estudando os potenciais efeitos colaterais nas crianças", disse Howard Zucker, adjunto do diretor-geral da OMS para remédios e tecnologia.


Embora alguns remédios apresentem indicações para o uso infantil, são poucos os remédios desenvolvidos, produzidos e comercializados especificamente para as crianças. Por isso, freqüentemente os pequenos têm que tomar medicamentos que só foram testados em adultos e que não contam com a aprovação oficial para o uso pediátrico.


A falta de fórmulas pediátricas adequadas leva os médicos a receitar a ingestão de frações de comprimidos dissolvidos ou triturados, sem nenhuma indicação específica sobre a dose adequada, o que pode causar erros.


Além disso, Chaib lamentou que não foram provados os benefícios e os riscos de sua ingestão a longo prazo, como é o caso dos anti-retrovirais.


Nesse sentido, disse que mais de 30% das crianças infectadas com o HIV e que passam por tratamentos com anti-retrovirais têm efeitos colaterais, que poderiam desaparecer modificando a dose ou mudando de remédio.


Chaib ressaltou também a importância do formato dos remédios, já que as crianças pequenas também podem se engasgar e, inclusive, se asfixiar quando tentam engolir comprimidos excessivamente grandes para seu tamanho.


Como exemplo, a porta-voz da OMS lembrou que isso foi o que aconteceu na Etiópia no começo do ano, quando quatro crianças com menos de três anos morreram asfixiados ao se engasgar com comprimidos.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

Frustrado com carreira militar no Brasil, aquidauanense se alista na Legião Estrangeira na França

2
Saúde

Garota de 15 anos é o primeiro caso de síndrome inflamatória em MS, diz secretaria de saúde

3
Geral

Jornalista da Capital morre aos 35 anos de complicações pós-parto

4
Aquidauana

#SemanaDaMulher: Dândara encara sua jornada com fé, amor pelas filhas e dedicação ao trabalho

Vídeos

Acidente entre caminhão bitrem e moto deixa feridos em Anastácio

Acidente de trânsito em Anastácio deixa motociclista em estado grave

PF cumpriu mandados em Anastácio em investigação sobre desvio de verbas

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max31

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min23 max31

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,83m
Miranda
5,85m
Paraguai
1,50m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Nas...

Mariana Thomé

Políticas internas: qual a sua importância para as em...

Paulo Corrêa de Oliveira

RÁPIDAS IMPRESSÕES DE UM PEREGRINO – II

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Bares/Panificadoras/Lanchonetes

Jô Ju Pastelaria

R. 7 de Setembro, 1010 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-7027
Jornal

O Pantaneiro

XV de Agosto, 339 Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4444 67998560000 www.opantaneiro.com.br
Telefones Úteis

Receita Federal

Rua Luis da Costa Gomes, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2640/1383
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo