23 de novembro de 2020
Anuncie Aqui
-->

Pouco calórico, aipo serve de alimento e tempero

15 OUT 2007 - 08h44min
folha on line

Nativo da Europa, o aipo esteve presente em pratos e rituais de diversos povos ao longo da história. Na Grécia Antiga, suas folhas entravam na confecção de guirlandas fúnebres e coroas de vitória. Na mesa dos romanos, serviam como enfeite junto a buquês de flores. No Egito, a planta é consumida desde a época do faraó Tutancâmon, há cerca de 3.400 anos.


Na culinária moderna, desempenha um duplo papel: como tempero e como alimento propriamente dito. No primeiro caso, é empregado em caldos e bases para preparação de outros pratos. Também é servido cru como aperitivo e em saladas como a célebre Waldorf, além de incrementar sanduíches, sopas e musses.


Suas folhas têm sabor amargo e picante e são imprescindíveis no tempero de algumas sopas, ensopados de carne e molhos. Já as sementes são utilizadas para aromatizar picles, queijos, legumes, carnes e peixes assados.


Mas é no cardápio de quem está de dieta que o aipo parece indispensável. Segundo Analisa Leite, consultora da área de nutrição do Senac São Paulo, a razão reside no fato de ser um alimento hipocalórico, com menos de 20 calorias a cada 100 g. "Ele é diurético, o que acaba levando a uma perda de peso, e tem fibras que dão uma sensação de saciedade. Mas é importante lembrar que seu consumo leva à perda de líquido, e não de gordura", afirma.


Com 95% de água em sua composição, não se trata de um ingrediente rico em nutrientes. O salsão, como é conhecido o talo da planta, tem grande quantidade de vitamina A, enquanto o aipo como um todo é boa fonte de potássio.


Uma das hortaliças mais cultivadas nos países de clima temperado, é encontrada em inúmeras variedades, que são selecionadas ao longo do tempo e diferentes entre si pelo aspecto da planta e pela coloração da folhagem --além de pela dimensão e pela coloração do pecíolo (haste que une o limbo da folha à bainha ou diretamente ao ramo), que pode ser branco, amarelo ou verde.


Entre as variedades mais conhecidas, estão aipo-tronchudo, aipo-de-cabeça, aipo-branco, aipo-gigante e aipo-rábano --no caso deste último, somente a raiz é consumida.


Os chineses, que vêm usando o aipo selvagem desde o século 5º, desenvolveram suas próprias variedades. Lá, a hortaliça é mais fina, suculenta e de sabor ainda mais forte do que a do tipo europeu. É consumida sempre cozida, geralmente junto a outros vegetais.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Internado com coronavírus, diretor do Hospital Regional de Aquidauana é intubado

2
Aquidauana

Vídeo: Mulheres são resgatadas após acidente na curva da Morte em Camisão

3
Policial

Mulher pede ajuda para trocar pneu e cunhado tenta estuprá-la em Guia Lopes da Laguna

4
Policial

OAB publica nota de repúdio após agressão a mulher algemada em Batalhão da PM

Vídeos

Vídeo de princípio de incêndio na Gruta de Piraputanga viraliza

Carga de carvão tomba e cai de carreta no trevo da BR-262, em Anastácio

Acidente entre carro e caminhonete mata homem carbonizado

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min22 max38

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min22 max38

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,59m
Miranda
4,06m
Palmeiras
1,81m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"MEDO..."

Valdemir Gomes

Uma...

Mazão Ramires

Responsabilidade intransferível

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Telefones Úteis

Estação Rodoviaria

Rua Estevão Alves Correa, Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2158
Pousadas

Pousada Baia das Pedras

, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3356 1500 / 998 www.baiadaspedras.com.br
Médicos

Luiz Roberto P. Marti - Ginecologista

Rua Manoel Antonio Paes de Barros, 1032 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3129
Ver Mais
Fale com a redação