X

Chuva foi prevista pelos metereologistas

Conforme previsto pelos metereologistas, uma forte chuva voltou a atingir os municípios de Aquidauana e Anastácio no início da tarde desta segunda-feira.

Acompanhada de muito vento e trovões, a chuva preocupa a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros de Aquidauana devido ao estado crítico que se encontram os dois municípios, muito castigados pela cheia do rio Aquidauana.

Uma força tarefa realizada pelos Bombeiros, Exército Brasileiro e pelas prefeituras de Aquidauana e Anastácio ainda tenta voltar a normalidade o dia-a-dia da população atingida pelo volume da água.

Muitos ribeirinhos que se encontram abrigados nas escolas Cândido Mariano e Rotary Club não puderam voltar às suas casas, por orientação da Defesa Civil, devido a possibilidade do rio voltar a encher.

“A nossa orientação é que as famílias que foram removidas de suas casas por conta da cheia, permanecerem nos locais de abrigo até que o rio baixe e apresente uma margem segura para os moradores das localidades afetadas”, afirmou o cabo Daniel, relações públicas do Corpo de Bombeiros de Aquidauana.

Após uma nova medição realizada na manhã desta terça-feira, 19, o nível do Rio Aquidauana marcou 6,84 metros, bem menos dos 9 metros registrados no pico da enchente, na semana passada.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

Governo cria comissão para impulsionar materiais didático para alunos indígenas

Portaria que institui a iniciativa foi publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial da União

Economia

Pagamento do Bolsa Família e Auxílio Gás de abril tem início nesta quarta-feira

Os beneficiários com final de NIS 1 são os primeiros a receber

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo