X

Testosterona em excesso mata neurônios

Se alguma vez você recebeu ameaças gratuitas de algum brutamontes orgulhoso dos próprios músculos, tente perdoá-lo - talvez ele tenha alguns neurônios a menos.


Altas doses de esteróides sexuais masculinos, como a testosterona, costumam ser consumidas por homens obcecados com o aumento da massa muscular. Além dos efeitos adversos já conhecidos, como atrofia dos testículos, comportamento mais agressivo e maior tendência ao suicídio, a testosterona estimula a morte neuronal, indica um estudo da Faculdade de medicina de Yale.


Os cientistas observaram que altos níveis desse hormônio, mesmo que por períodos curtos - de seis a 12 horas - deflagram morte celular, também chamada apoptose, em culturas de neurônios. O processo induzido por testosterona parece ocorrer por superativação das vias de sinalização intracelular que envolvem íons cálcio, segundo os pesquisadores.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Policial

PRF lança operação nacional para reforçar segurança nas rodovias

Diretor do órgão quer autorização para contratar aprovados em concurso

Saúde

Casos de dengue em gestantes aumentam 345% em 2024

Aumento representa um quadro preocupante de saúde pública

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo