28 de outubro de 2021
Anuncie Aqui

UEMS de Aquidauana organiza Museu de Solos

Sob coordenação de um professor da unidade de Aquidauana, trabalho contempla a riqueza da diversidade de solos sul-mato-grossense

11 MAI 2016 - 08h35min
da Redação
Mato Grosso do Sul é rico em diversidade de solos - das 13 classes de solos existentes no Brasil, o Estado possui doze. Pensando em catalogá-los e estudá-los, um professor da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) está organizando um "Museu de Solos" na unidade de Aquidauana - tradicional em estudos agronômicos.
 
No doutorado, o professor Jolimar Antonio Schiavo despertou o interesse para o estudo da Pedologia (ciência que estuda o perfil e a formação dos solos). Depois que começou a lecionar na UEMS, já coletou, juntamente com sua equipe, três exemplares de solos de MS, mas a previsão é ter 18 perfis das diferentes regiões do Estado.
 
O SiBCS (Sistema Brasileiro de Classificação de Solos) trabalha em modo de hierarquia. Vai do primeiro nível hierárquico, ordem ou classes (que é o mais generalista) até o sexto nível, que são as séries (especifico e direcionados para o manejo sustentável do solo).
 
?Daí a importância de se classificar solos até este nível. Caso contrário, o manejo sai incorreto. Hoje, o SiBCS é contemplado com 13 classes de solos. O estado de Mato Grosso do Sul, atualmente, apresenta 12 classes de solos?, explica.
 
De acordo com Schiavo, o principal objetivo da coleção de solos é ensinar aos alunos, de graduação e pós-graduação, como os solos se formam, como são classificados e qual o seu uso adequado, mas também, futuramente, abrir para visitação.
 
?Na aula prática, o aluno vê o solo ao ?vivo e em cores?, por meio de trincheiras, ou ?corte de barranco? às margens de estradas. Para isso são necessárias viagens, o que torna tal prática muito trabalhosa e onerosa. Ter um recorte de solo em sala de aula é um processo trabalhoso, pois é preciso abrir uma trincheira de dois metros de profundidade, coletar do solo e transportá-lo sem deformar?.
 
Por causa da extensão de Mato Grosso do Sul, algumas áreas são de difícil acesso (Pantanal), o que dificulta ainda mais o trabalho. O projeto é de longo prazo e ainda não teve recurso para fomentá-lo, por isto deve demorar para que chegue à fase de visitação. No Brasil, existem alguns museus de solos como, por exemplo, na UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e na UFRPE (Universidade Federal Rural de Pernambuco).

View Energy - Outubro_II_9
 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Policia Penal frustra plano de fuga em massa no presídio de Aquidauana

2
Anastácio

Após dois dias sumida de casa, mãe retorna para a família em Anastácio

3
Cultura

Em Marília, Anastadance reafirma posição de destaque no cenário nacional

4
Geral

Confira as oportunidades da Casa do Trabalhador de Aquidauana

Informe Publicitário

Informe

Hospital Ruralista: recursos fizeram saúde "bater forte"

Previsão do Tempo

min23 max35

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min23 max35

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
2,01m
Paraguai
0,19m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

As...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

EIS QUE CHEGOU...

Gabriel Novis Neves

MANIA NOVA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Academias

Ativação

Rua José Bonifácio, s/n Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2109
Bancos

Banco Bradesco

Rua 7 de Setembro, 770 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-1556 www.bradesco.com.br
Escolas Estaduais

Escola Estadual Felipe Orro

Rua Carlos pereira Bandeira, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 1206
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo