10 de maio de 2021
Anuncie Aqui
-->
Educação

Vídeo produzido em Águas do Miranda representa o Centro-Oeste na 7ª edição do Concurso Lei Maria da Penha

Escola Municipal Rural do Distrito Águas do Miranda teve o projeto escolhido

13 FEV 2020 - 16h10min
Schimene Weber

Um vídeo com título "Denuncie", produzido em Águas do Miranda, representará o Centro-Oeste na 7ª edição do Concurso Lei Maria da Penha. O projeto, coordenado pela professora Jaqueline Aparecida dos Santos, de 35 anos, e executado por alunos da Escola Municipal Rural do Distrito Águas do Miranda poderá ser o vencedor do concurso, cuja premiação acontecerá em Brasília/DF, no dia 10 de março.

Em conversa com a professora, a equipe de reportagem do jornal "O Pantaneiro" recebeu informações sobre como tudo começou. "No ano de 2019, organizei o projeto "Família na Escola". Pensei em temas para abordar e, dentre os três, achei que seria muito importante trabalhar o Feminicídio, pois o mesmo vem crescendo muito em nosso país. Alunos do nosso Ensino Médio criaram diversas formas de fazer com que a mensagem alcançasse a todos, incluindo o vídeo", disse.

Ela foi modesta ao falar sobre sua importância para o vídeo."Fui apenas a mediadora, levando o tema para a sala. Busquei, pesquisei e, inclusive, tivemos depoimentos de casos reais, de familiares e mães que sofrem até hoje com a perda de uma ente querida vítima do Feminicídio. Meus alunos são alunos sensacionais e tudo que escolhem fazer, se dedicam, e o resultado é esse vídeo, trabalho feito com seriedade!", explicou.

Perguntamos, também, como a educadora se sente com um trabalho tão bonito já finalizado. "Sinto-me orgulhosa, é muito bom saber que ainda vale a pena ser professora, ver seus alunos brilharem é a maior satisfação que um educador pode ter... Foi a primeira vez que participamos, conversei com muita gente e fiquei sabendo do concurso, corri atrás para editar o vídeo, encaminhei para a seleção... Somos, agora, os representantes do Centro-Oeste do Brasil", falou.

Atores que sáo alunos

Participaram do projeto os alunos Lucas Henrique, Amanda Lima, Mariely Brandão, Alícia Clara e Thaylliene Cardoso. Em depoimentos sobre a participação no "Denuncie", todos ressaltaram a importância do combate ao feminicídio e, também, sobre a necessidade da conversa e da denúncia. 

A professora Jaqueline Aparecida, para encerrar, citou a importância dessa divulgação. "Os participantes foram merecedores. Me sinto muito feliz ao divulgar os trabalhos dos alunos, principalmente em um trabalho tão grandioso quanto este", encerrou.

  

 

Mais Lidas

1
Geral

Com 64 apostas em MS, quadra da Mega-Sena tem ganhador em Aquidauana

2
Esportes

Piraputanga Adventure movimenta região de Aquidauana

3
Geral

Após dias reclamando de dores no corpo, homem é encontrado morto em Campo Grande

4
Geral

Livro 'O que aprendi nestes Cinquenta Anos' é lançado na Estação Ferroviária de Aquidauana

Informe Publicitário

Informe

Com 30 anos no mercado, Atlântico Super Center inaugura filial em Aquidauana

Previsão do Tempo

min18 max34

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min18 max34

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,06m
Miranda
2,19m
Paraguai
1,72m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Vou...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

5 De Maio Dia Internacional Da Língua Portuguesa

Rosildo Barcellos

Indizíveis Vicissitudes

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Médicos

Flávio Pereira - Ginecologista

Rua 7 de Setembro, 1193 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241- 3665
Advocacia

Luiz Eduardo de Arruda

Rua Manoel Antonio Paes de Barros, 1469 Guanandy - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3294 / 324
Auto Posto

POSTO JC

Estevão Alves Correa, 901 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3426
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo