X
Estupro

Equipe que flagrou estupro desconfiava de anestesista há aproximadamente um mês

As imagens serviram de provas para a prisão do estuprador

O médico anestesista Giovanni Quintella Bezerra foi preso em flagrante nesta segunda-feira (11), acusado de estuprar uma paciente grávida durante um parto de cesárea, no Hospital da Mulher Heloneida Studart de Vilar dos Teles, em São João de Meriti (RJ).

De acordo com informações do site G1, as suspeitas contra o médico começaram a cerca de um mês e, por isso, enfermeiras e técnicas deixaram um celular com a câmera ligada no centro cirúrgico durante o procedimento.

Entre as suspeitas da equipe, estavam a forte dosagem de anestesia que ele aplicava nas gestantes e a preocupação exagerada com o local que ele ocupava durante o procedimento.

O vídeo gravado durante a cirurgia captou o momento em que o médico coloca o pênis na boca da paciente dopada. A violência dura 10 minutos.

As imagens serviram de provas para a prisão do anestesista e agora a polícia tenta descobrir outras possíveis vítimas.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Detran-MS

Licenciamento de veículos com placas final 1 e 2 vence 30 de abril

Débitos em situação irregular vão para dívida ativa

Atenção

Caixa libera abono do PIS/Pasep para nascidos em março e abril

Caixa pagará neste mês R$ 4 bilhões

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo