X
Policial

Estudante diz à polícia que premeditou morte de Glauco

Carlos Eduardo Sundfeld Nunes prestou depoimento nesta terça-feira

Advogado de defesa se recusou a falar com a imprensa.

O estudante Carlos Eduardo Sundfeld Nunes confessou ter assassinado o cartunista Glauco Vilas Boas e seu filho Raoni, em depoimento prestado na terça-feira na sede da Polícia Federal (PF) em Foz do Iguaçu, no Paraná.

Carlos Eduardo contou que matou o cartunista e o filho porque teve uma "inspiração divina" e afirmou que premeditou os crimes. O advogado de defesa, Gustavo Badaró, recusou-se a falar com a imprensa.

“Foi um crime premeditado. Ele saiu armado e disse que faria algo contra Glauco”, afirmou o delegado Archimedes Cassão Veras Júnior, do Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil de Osasco. Em vídeo, Carlos Eduardo já havia admitido ter matado Glauco e Raoni e chegou a descrever o momento do crime.

Durante o depoimento, o estudante também isentou o amigo Felipe Iasi, que levou Carlos Eduardo até a casa do cartunista, de qualquer participação no crime.

Fanatismo religioso

Carlos Eduardo foi ouvido durante três horas por Veras Júnior. Ao delegado, Carlos Eduardo voltou a dizer que planejava levar o cartunista para a casa da mãe. Mas a ação teria sido frustrada pela fuga de Iasi. O delegado afirmou que essa versão será reconsiderada após o rastreador via satélite do veículo de Iasi e do celular de Cadu serem analisados.

"Ele (Carlos Eduardo) é perigoso, se altera no depoimento, dá impressão que não pode ser contrariado", disse o delegado. Veras Júnior afirmou ainda que o estudante tem o perfil de psicótico, é extremamente inteligente, detalhista e repara em tudo. Para o delegado, o fanatismo religioso pode ter levado Carlos Nunes a abandonar os estudos por repetidas vezes.

Prisão do suspeito

Carlos Eduardo foi foi detido por volta das 23h do último domingo na fronteira entre o Brasil e o Paraguai, quando tentava deixar o País. Ao ser abordado por policiais rodoviários federais, o estudante iniciou um tiroteio. Um agente ficou ferido no braço, mas passa bem.

O jovem ficou três dias escondido em um matagal no pico do Jaraguá, na zona norte de São Paulo, enquanto planejava sua fuga. Para sair do País, roubou um carro.

O agente federal ferido pelo estudante vai ser obrigado a colocar platina no braço direito. A bala atingiu o osso. "Ele quase morreu. Ninguém fala disso nem os direitos humanos", desabafou um colega do agente, que pediu para não ter o nome revelado.

Ao todo, o estudante deverá responder por nove crimes. Em São Paulo, ele deve ser indiciado por duplo homicídio, tentativa de homicídio, lesão corporal dolosa e roubo. Já no Paraná, Nunes vai responder a processo de tentativa de homicídio, resistência à prisão, porte ilegal de arma e porte de entorpecentes.

Morte de Glauco

De acordo com a versão da polícia e de testemunhas, no fim da noite de quinta-feira, o estudante foi ao encontro de Glauco e Raoni, com uma pistola 765, e após uma discussão matou os dois. Eles foram socorridos por moradores e levados ao Pronto-Socorro Albert Sabin, mas não resistiram aos ferimentos.

A família de Glauco diz que ele estava muito transtornado. Deu soco no Glauco, durante a discussão, e uma coronhada de revolver na mulher do cartunista, antes de disparar quatro vezes contra Glauco e quatro vezes em Raoni.

Após matar pai e filho, Carlos Eduardo, ainda de acordo com a família, fugiu em um Gol dirigido por Felipe de Oliveira Iasi, de 23 anos. O jovem se apresentou no domingo à polícia e negou essa versão. / (*com informações da Agência Estado)

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cidades

Jovem é socorrido após ser mordido por queixada no Pantanal

Corpo de Bombeiros realizou resgate aéreo da vítima

Serviço

Servidores de Aquidauana participam de treinamento sobre 'Lei das Licitações'

Lei estabelece normas gerais de licitação e contratação para as administrações públicas

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo