X
Polícia

Família diz que maternidade não cuidou de bebê nem após a morte

Bebê foi encontrado no necrotério em meio a lençóis sujos e formigas

Arquivo da família/Divulgação Campo Grande News

A família do bebê que foi encontrado morto em meio a lençóis sujos e formigas na maternidade de Corumbá afirma que não houve cuidado com a criança. Em entrevista ao jornal Campo Grande News, a tia do bebê contou sua dor.
"Foi completamente desumano, desrespeitoso, horrível. As pessoas não têm mais amor de verdade, não se sensibiliza pela dor do outro. Não cuidaram do meu sobrinho nem depois da morte”, disse.
O relato é da garçonete Danieli Valmaceda, de 32 anos. Ela contou que a cena de encontrar o bebê no necrotério em meio a lençóis sujos e formigas é algo que uma família não esquece.
O menino nasceu no dia 4 de março, com sinais de icterícia, doença que deixa criança com pele amarelada e, em casos de complicações, pode levar à morte. A tia disse ao Campo Grande News que o pediatra que acompanhou o parto viu a criança apenas duas vezes: no nascimento e dois dias depois do parto.
"No dia seguinte a do nascimento, estava bem mais amarelo. Apareceu o médico ginecologista. Ele disse que a minha irmã estava bem, mas perguntou se ela estava criando um canarinho e que era para chamar o pediatra”, conta.
O quadro da criança piorou e o bebê morreu na madrugada de sábado. A família aguarda resultado de exames realizados durante a internação.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

PRF apreende 104 kg de cocaína em Corumbá durante fiscalização na BR-262

Homem foi preso durante o flagrante

Educação

Inscrições abertas para banco de itens do Enem

Serão destinadas 20% das vagas de cada área a candidatos autodeclarados pretos, pardos e quilombolas

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo