X
Violência

Homem é agredido após negar sexo com suspeito

A vítima informou que já teve sua casa invadida umas três vezes pelo suspeito

Um homem de 44 anos procurou a polícia de Dourados, após sofrer a segunda tentativa de homicídio cometida pela mesma pessoa, nesta quarta-feira (20). Na primeira vez, em outubro, a vítima chegou a ter o olho esquerdo furado após ser agredida com coronhadas.

De acordo com o Jornal Midiamax, o homem relatou à polícia que em outubro, no dia 28, estava dormindo quando ouviu barulho da porta e foi surpreendido pelo suspeito, que portava um revólver. O agressor deu coronhadas na vítima, que chegou a ter o olho esquerdo perfurado. Ele ainda teria dito “isso é para você aprender, falei para você não contar que estive aqui, você está me difamando”.

A vítima chegou a ficar 18 dias internada em Campo Grande por conta das agressões e recebeu alta, voltando para Dourados. Na madrugada de quarta-feira, voltava para o ponto de ônibus quando foi perseguido por um carro branco. O suspeito desceu do veículo com arma em punho e disse “Achou que eu ia esquecer de você, agora eu te mato”.

A vítima ainda contou que ouviu três disparos, mas se escondeu em um tambor de lixo. Segundo relato do homem, o suspeito já invadiu a casa dele umas três vezes, pedindo para ele fazer sexo, mas ele negava. O caso é tratado como lesão corporal de natureza grave e homicídio simples na forma tentada.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Tecnologia

Operadoras de jogos online deverão prevenir lavagem de dinheiro

Medida foi publicada nesta sexta no Diário Oficial

Chamas

FAB lançou 336 mil litros de água para combater incêndios no Pantanal

Desde o fim de junho, força aérea fez 28 voos de apoio ao bioma

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo