X
Polícia

Homem é preso em fazenda denunciada por trabalho escravo em Nioaque

Foram constatados indícios de trabalho degradante e funcionários foram levados para abrigo

Divulgação/PM

Um homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo após uma operação em uma fazenda em Nioaque. Uma guarnição de serviço da Polícia Militar em Nioaque, juntamente com uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Jardim, prestaram apoio ao Ministério Público Estadual, em uma averiguação de denúncia de possíveis cometimentos de crimes ambientais, porte de arma e trabalho análogo ao escravo, em uma propriedade rural daquele município.

Durante a operação, as guarnições avistaram alguns trabalhadores realizando manutenção em um mata-burro, quando se aproximou uma caminhonete Hilux, conduzida por um homem, de 44 anos, tendo como passageiro outro indivíduo, de 53 anos. O condutor se identificou como gerente da propriedade.

Logo, os policiais procederam à busca pessoal e veicular e localizaram, no interior de uma bolsa, que estava na caminhonete, um revólver calibre .38, carregado com seis munições intactas e, ainda, mais uma munição intacta e cinco deflagradas. Questionado sobre a documentação de porte obrigatório, o indivíduo relatou não possuir.

Na Sede da fazenda, a Promotora de Justiça, constatou indícios de trabalho em situação degradante. Logo, a Promotora acionou apoio do Ministério Público do Trabalho, da Polícia Civil e do Exército Brasileiro, para o resgate e transporte dos trabalhadores até o abrigo designado pelo MPT.

Diante dos fatos, após terem sido tomadas as devidas providências pelo Ministério Público e demais órgãos de apoio, a Polícia Militar realizou a prisão do suspeito, por porte ilegal de arma de fogo e o conduziu até a Delegacia de Polícia Civil de Nioaque, juntamente com o revólver e as munições apreendidas, para as providências cabíveis.
(com informações da PM)

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Economia

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 30 milhões

O sorteio será às 20h, horário de Brasília, em São Paulo

Economia

Levantamento aponta que etanol ainda lidera maior variação entre combustíveis

O litro do etanol comum apresentou diferença de 18,55%, quando pago no cartão de crédito

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo