X
Capital

Mãe de gêmeos autistas denuncia agressão em escola

A Secretaria Municipal de Educação de Campo Grande está apurando a denúncia

Reprodução/Imagem Ilustrativa

Mulher procurou a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), ontem (13), para denunciar um professor de uma escola na qual seus filhos, gêmeos autistas, estudam, no Jd. Aero Rancho, na Capital.

De acordo com a denúncia, as crianças são acompanhadas por um professor auxiliar durante as aulas. O profissional, que trabalha com os gêmeos há um mês, foi cedido pela Semed (Secretaria Municipal de Educação) até que o professor especializado em educação especial seja contratado. Desde que as crianças passaram a contar com o acompanhamento, conforme a mãe, os meninos passaram a reclamar do professor auxiliar, mas não davam detalhes do que estava acontecendo, até que no dia 8 de abril, um deles disse “não gosto dele porque ele me bate”.

Após a acusação de uma das crianças, a mãe conversou com o outro filho, e ele confirmou a agressão, dizendo que o professor batia neles quando não conseguiam copiar, com reguada nos braços e costas, além de soco.

A Polícia Civil investiga o caso e a Semed informou que tomou todas as medidas necessárias para proteger as crianças e também o professor, “até que os fatos sejam integralmente esclarecidos” e que o profissional já foi transferido para outra turma.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Economia

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 30 milhões

O sorteio será às 20h, horário de Brasília, em São Paulo

Economia

Levantamento aponta que etanol ainda lidera maior variação entre combustíveis

O litro do etanol comum apresentou diferença de 18,55%, quando pago no cartão de crédito

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo