X
Polícia

Massagista confessa que matou, esquartejou e ateou fogo no corpo de chargista

Chargista estava desaparecido desde sábado

Divulgação

Uma mulher procurou a polícia e confessou ter matado o chargista Marco Antônio Rosa Borges, de 54 anos, em Campo Grande. A família estava à procura dele, que saiu de casa no sábado (21) e não retornou. A mulher procurou a polícia em uma delegacia em São Gabriel do Oeste e disse que era massagista.

Informações que já haviam sido divulgadas pela família são de que o chargista saiu de casa para uma sessão de massagem. A massagista se apresentou à polícia e disse que matou o chargista a facadas, depois teria esquartejado e colocado fogo no corpo da vítima.

Na confissão, ela revelou ainda o local onde o corpo, dividido em três malas, foi jogado na Capital. Segundo apurou o Campo Grande News, a suspeita disse que viajou para Coxim para despedir das filhas e depois foi à delegacia da cidade vizinha, São Gabriel.

Eles teriam discutido antes do crime. Equipe da DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios) já foi notificada e seguiu para São Gabriel para buscar a assassina.
(com informações do Campo Grande News)

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Emprego

Fundação de Saúde amplia para 142 vagas de enfermeiros para o Hospital Regional

Foi ampliado em mais 20 o quantitativo de vagas oferecidas no processo seletivo

Dia do amigo

Boas amizades são importantes para a saúde

Especialistas falam dos benefícios da amizade, comemorada no dia 20 de julho, amanhã

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo