X
Absurdo

Menor que foi abusada e teve filho de "tio", foi afastada do convívio familiar em Aquidauana

Reprodução a Gazeta

Após denúncias de que uma adolescente de 13 anos, que teria tido um filho por conta de um abuso sexual, cometido pelo “tio”, um homem casado com a tia de sangue da vítima, o conselho tutelar da região de Aquidauana retirou a vítima do convívio da família, na tarde desta quinta-feira (18). 

De acordo com informações de uma nota emitida para a imprensa, na época em que o crime aconteceu o órgão prestou todo o atendimento a adolescente e que até então estava ciente da medida protetiva e que só descobriu que a mesma não estava sendo cumprida, após ser noticiado pela imprensa. 

Diante das informações vieram à tona a nota esclarece que a criança não está mais sobre as responsabilidades da família, “... de imediato tomou-se as providências necessárias para a efetiva proteção da menor, qual seja, o afastamento emergencial do convívio familiar, colocando a vítima sob proteção do estado.”

Confira a nota na íntegra: 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Meio Ambiente

Decreto de emergência em MS garante celeridade na resposta aos incêndios florestais

Pantanal vive nova tragédia ambiental

Segurança

INSS confirma exposição de dados de até 40 milhões de segurados

Cadastro de aposentados e pensionistas teve segurança reforçada

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo