17 de outubro de 2021
Anuncie Aqui
Policial

PF investiga esquema de empresários para silenciar testemunhas em MS

8 MAR 2017 - 09h12min
campo grande news

Dois mandados de busca e apreensão foram cumpridas pela Polícia Federal em Ribas do Rio Pardo, a 103 km de Campo Grande, na manhã desta terça-feira (8), na segunda fase da Operação Greenfield, que apura um esquema de cooptação de testemunhas.

Padaria e Mercearia Dois Irmãos - Institucional - Setembro21 - 02

A suspeita é que um contrato de R$ 190 milhões entre os irmãos Joesley e Wesley Batista, da Eldorado Celulose, do grupo J&F, que administra a JBS, tenha sido empregado para mascarar o suborno a um empresário concorrente para que não revelasse informações de interesse da investigação.

A PF apura que o contrato de fornecimento de massa florestal de eucalipto para produção de celulose seja apenas uma forma de recompensar o silêncio de um ex-sócio que poderia auxiliar a investigação.

Segundo a PF, a segunda fase da operação, iniciada nesta manhã, busca o esclarecimento desses fatos e de suposta ocultação de provas úteis ao esclarecimento dos crimes.

Outros cinco mandados foram cumpridos em São Paulo. Pelo menos um mandado de prisão foi cumprido, em local ainda não revelado.

Deflagrada em novembro do ano passado, a operação é uma investigação conjunta com o Ministério Público Federal de supostos prejuízos acumulados de até R$ 50 bilhões nos maiores fundos de pensão de estatais do País. Na ocasião, a suspeita é que os grupos adquiriram cotas em oito fundos de investimentos por valores superfaturados.

Os principais alvos da Operação Greenfield, na ocasião, foram Funcef (dos funcionários da Caixa), Petros (Petrobras), Previ (Banco do Brasil) e Postalis (Correios).

Os mandados judiciais foram determinação do juiz Vallisney de Souza, titular da 10ª Vara da Justiça Federal no DF. A Polícia Federal disse que fornecerá mais informações no decorrer do dia.

Um total de 38 empresas foram investigadas pela Greenfield, segundo a PF. Entre elas as construtoras Engevix, OAS e WTorre, a IBG Eletrônica (nova Gradiente), a Sete Brasil, a GruPar (aeroporto de Guarulhos), o Santander, o Bradesco, a Invepar, um braço da OAS, e a empresa de auditoria e consultoria Deloitte Touche Tohmatsu.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

Duas vítimas fatais já foram identificadas em naufrágio corumbaense

2
Geral

Novo alerta: sem vendaval, chuva vem forte para 15 cidades de MS

3
Geral

Encontrado novo corpo do naufrágio de barco no Rio Paraguai

4
Geral

Seis das 7 vítimas do naufrágio em Corumbá já foram encontrados

Informe Publicitário

Informe

Drogaria Aquidauana: há 8 anos protegendo sua família

Previsão do Tempo

min16 max29

Aquidauana

Dia de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Noite com poucas nuvens.
min16 max29

Anastácio

Dia de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Noite com poucas nuvens.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
2,01m
Paraguai
0,19m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Faça...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

AI de ti, AQUIDAUANA!

Gabriel Novis Neves

MANIA NOVA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Lojas de Souvenirs

CASA DO ARTESÃO

Praça dos Estudantes, s/n Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 96012585 (Louri
Telefones Úteis

Departamento de Sistema Penintenciario

Duque de Caxias, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 4381
Médicos

Ademir Bossay Candia - Pediatria

Rua 7 de Setembro, 486 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2894
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo