X

Divulgação

Um casal goiano, de 49 51 anos, foi flagrado pela PMA (Policia Militar Ambiental) pescando durante a piracema com petrechos proibidos, no Rio Aporé em Cassilândia, no fim da tarde desta segunda-feira (15).

Conforme relato policial, eles tinham acampado em uma construção em alvenaria próxima ao rio, iniciavam a pescaria ilegal e ainda não tinham capturado peixes.

Os infratores afirmaram não saber que era período proibido para a pesca. Três carretilhas com varas e dois caniços de pesca foram apreendido. Os dois responderão por crime ambiental de pesca predatória. 

A pena é de um a três anos de detenção e multa. Os infratores também foram autuados administrativamente e foram multados em R$ 700,00 cada um.

*Texto com informações da PMA.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Justiça

Progressão de assistido da Defensoria é avaliada antes da prisão

Caso aconteceu em Ponta Porã

Chamas

MS declara situação de emergência em cidades afetadas por incêndios florestais

O decreto publicado nesta segunda-feira (24), no Diário Oficial do Estado, tem o prazo de 180 dias

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo