X
Grupo de Operações e Investigações

Quase 500 pessoas foram presas ao longo de 2019 em MS

Do total de pessoas presas, 202 estavam com mandados de prisão em aberto, mandados de busca e apreensão ou evadiram do sistema prisional e eram considerados foragidos da Justiça

O Grupo de Operações e Investigações (GOI) da Polícia Civil prendeu quase 500 pessoas no ano passado. É o que mostra o levantamento estatístico referente à 2019, divulgado nesta quinta-feira (3), pelo Departamento de Polícia da Capital (DPC).

Do total de pessoas presas, 202 estavam com mandados de prisão em aberto, mandados de busca e apreensão ou evadiram do sistema prisional e eram considerados foragidos da Justiça.

Outros 295 presos foram autuados em flagrante em 208 procedimentos de prisões em flagrante ou atos infracionais, que foram lavrados principalmente pelas Delegacias de Pronto Atendimento Comunitário do Centro e do Cepol.

O GOI ainda atendeu 171 locais de crimes ao longo de 2019, sendo em sua maioria com vítimas de homicídios e tentativas de homicídios.

Além disso, o Grupo apreendeu 67 veículos ao longo do ano passado e por mais de 100 vezes prestou apoio a outras unidades da Polícia Civil e Polícia Militar.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Economia

MegaFeirão Serasa Desenrola é lançado com painel sobre Educação Financeira

O mutirão emergencial visa estimular a renegociação de dívidas, facilitando a vida de consumidores de todo o que país podem acessar ofertas especiais de várias formas, digitais ou presenciais

Educação

MEC publica portaria que regulamenta o Fies Social

Serão beneficiados pela portaria estudantes com renda familiar per capita de até meio salário mínimo cadastrados no CadÚnico

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo