13 de abril de 2021
Anuncie Aqui
-->
Homicídio na Capital

‘Se soubesse, teria tirado a arma’, diz chefe da Guarda sobre agente que matou a ex

Agente já estava matriculado para curso de capacitação, onde apresentaria resultados dos testes psicológicos

3 MAR 2020 - 14h25min
Midiamax

O secretário da SEDES (Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social) Valério Azambuja disse nesta terça-feira (3) durante evento de comemoração dos cincos anos da Casa da Mulher Brasileira, que ‘se soubesse das medidas protetivas contra Valtenir, teria retirado a arma”, falou Azambuja. O secretário ainda disse que o agente já estava matriculado para na próxima semana participar de um curso de capacitação, e nesse curso apresentaria os resultados dos testes psicológicos, que devem ser apresentados a cada dois anos.

“Se tivesse retirado a arma, quem disse que não usaria outros meios para cometer o crime”, falou o secretário. Ele ainda falou que os únicos casos impeditivos para o porte de arma, são aqueles já com condenação o que o agente não tinha. Quando questionado sobre uma agressão do agente em 2014 contra uma ex-namorada, o secretário disse que não sabia sobre o caso.

Valtenir está foragido desde o dia do crime, que aconteceu na noite do dia 29 de fevereiro, quando Maxelline estava na casa de amigos, no Jardim Noroeste, em Campo Grande, em um churrasco e o agente foi até o local, quando os dois começaram a discutir e o guarda-municipal matou a tiros a ex-namorada, por não aceitar o fim do relacionamento.

Sua prisão preventiva já foi decretada, durante o plantão judiciário de domingo (1º). A juíza titular da 1ª Vara da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher da Capital, Helena Alice Machado Coelho, decretou a prisão do guarda.

Maxelline havia registrado um boletim de ocorrência por violação de domicílio e ameaça, no fim do mês passado, contra o agente. Na delegacia, na ocasião, a professora contou que manteve relação com o guarda municipal, mas ele não aceitava o fim do relacionamento. A vítima pediu uma medida protetiva de urgência, que foi autorizada pela juíza Jacqueline Machado. Cinco dias após ser intimado e ficar ciente da medida protetiva, Valtenir Pereira da Silva matou a ex-namorada.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Um dia após completar 58 anos, aquidauanense morre de covid-19

2
Geral

Fonoaudióloga Adriana Lisboa morre na capital por sequelas da Covid-19

3
Aquidauana

Carro pega fogo e moradores ajudam a apagar incêndio em Aquidauana

4
Geral

Um mês após perder esposa e filho, Elciney tenta na justiça provar negligência do Hospital Regional

Vídeos

Vídeo: Casal furta televisões de loja no centro da capital, em plena luz do dia

Apoiadores de Bolsonaro saem às ruas pedindo não ao Lockdown e sim à Intervenção Militar

Estreia Curta Metragem A Paixão de Cristo

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min20 max32

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min20 max32

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,18m
Miranda
2,97m
Paraguai
1,82m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

A...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: EXÉQUIAS

Raquel Anderson

A gente vai morrer!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Médicos

Jose Luiz Quelho - Ginecologista

Rua Pandiá Calógeras, 364 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3904
Ag. Correios

Agencias dos Correios -Central

Manoel Antonio Paes de Barros, 620 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 6065
Imobiliárias

Imobiliária Barros e Reis

Rua Marechal Mallet, 685 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3062 / 324
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo