X
Política

Aécio decreta luto em Minas por morte de Zilda Arns

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), decretou luto oficial de três dias no Estado pela morte da médica e fundadora da Pastoral da Criança Zilda Arns, 75, vítima do terremoto que atingiu o Haiti na terça-feira. A médica estava na cidade de Porto Príncipe, capital do país, em uma missão humanitária.


Aécio disse que Zilda talvez tenha sido, para a sua geração, a maior representação de uma ação social "consistente, solidária e desprendida". "É uma perda absolutamente irreparável, e até pelas relações pessoas que com ela eu tinha, pessoalmente me sinto extremamente machucado por essa tragédia". afirmou o governador em entrevista divulgada por sua assessoria.


Além de Aécio, os governadores de São Paulo, José Serra (PSDB), e do Paraná, Roberto Requião (PMDB), também decretaram luto oficial de três dias pela morte de Zilda Arns.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cultura

TCE abre "Exposição Talentos do TCE-MS" na sexta-feira, 1º de março

O evento, aberto ao público, contará com obras de servidores da Corte de Contas e familiares

Saúde

Governo de MS vai reformar no Hemocentro Regional de Dourados

Investimento é de R$ 2,8 milhões

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo